terça-feira, 23 de novembro de 2021

O CLÁSSICO ITALIANO “DESERTO VERMELHO", DE MICHELANGELO ANTONIONI, O PREMIADO “VOCÊ NUNCA ESTEVE REALMENTE AQUI”, DE LYNNE RAMSAY E O BRASILEIRO “SAUDADE MUNDÃO”, DE KARIM AÏNOUZ, ESTREIAM NO SESC DIGITAL

 

A  série Cinema #EmCasaComSesc da plataforma Sesc Digital recebe nesta quinta o clássico “Deserto Vermelho”, do cineasta italiano Michelangelo Antonioni.  Estrelado por Monica Vitti, o filme conta a história de Giuliana, uma dona de casa que inicia um caso amoroso com um trabalhador da fábrica administrada por seu marido. Vencedor do Leão de Ouro no Festival de Veneza em 1964,  “Deserto Vermelho” traz temas que permeiam a obra de Antonioni, como a solidão, a incomunicabilidade do ser humano e a ambivalência do amor. 

O drama “Você Nunca Esteve Realmente Aqui”, da diretora e roteirista escocesa Lynne Ramsay, conta a história de um perturbado veterano de guerra que ganha a vida resgatando mulheres presas em cativeiros. Aclamado em festivais e elogiado pela crítica, por suas referências ao cult “Taxi Driver”, de Martin Scorsese, o longa traz Joaquin Phoenix em grande interpretação, premiado como Melhor Ator no Festival de Cannes 2017, onde o longa também recebeu o prêmio de Melhor Roteiro e concorreu à Palma de Ouro. 

Encerrando as estreias da semana, a plataforma volta a receber “Saudade Mundão”, de Julia Hannud e Catharina Scarpellini. O documentário brasileiro retrata a história de cinco mulheres encarceradas numa prisão pública feminina no estado de São Paulo. O filme acompanha o cotidiano dessa população esquecida e reflete sobre a contradição e a complexidade humana.  

A Aliança Francesa do Brasil, em parceria com o Sesc Digital, promove até dia 16 de dezembro, a mostra "Afrofuturismo - Diásporas e Fronteiras”, na série Curta em Francês. Usando a língua francesa como fio condutor, a programação apresenta 10 títulos de curtas-metragens que se relacionam com o movimento Afrofuturista. Os filmes trazem a potência das narrativas de ficção que se relacionam com o movimento Afrofuturista. Com títulos de diversos lugares como Burkina Faso, Congo, Guadalupe, Bélgica, Martinica, Madagascar, Reunião, França e Brasil, as obras estão divididas em dois programas: Utopias Pretas e Infância, Juventude e Fabulação. Os títulos podem ser acessados pelo link sescsp.org.br/curtaemfrances

### CINEMA EM CASA ###


ESTREIAS 25/11

O DESERTO VERMELHO
Dir.: Michelangelo Antonioni | Itália | 1964 | 113 min| Ficção | 14 anos
Chuva, neblina, frio e poluição assolam a cidade industrial de Ravenna, na Itália. Ugo, o gerente de uma usina local, é casado com Giuliana, uma dona de casa que sofre de problemas psicológicos.

VOCÊ NUNCA ESTEVE REALMENTE AQUI
Dir.: Lynne Ramsay | EUA, Reino Unido | 2017 | 89 min| Ficção | 16 anos
Joe, um veterano de guerra traumatizado, ganha a vida resgatando jovens desaparecidos. Quando um trabalho fica fora de controle, os pesadelos de Joe o alcançam, enquanto uma conspiração é descoberta, levando-o para uma viagem que pode ser para a sua morte ou para seu despertar.

SAUDADE MUNDÃO
Dir.: Julia Hannud, Catharina Scarpellini | Brasil | 2020 | 90 min| Documentário | 14 anos
Através de cenas de um cotidiano monótono e limitado, podemos conhecer de perto a realidade de mulheres marginalizadas muito antes de serem encarceradas. Saudade Mundão é um filme sobre o humano, que se passa na Cadeia Pública de Franca.

Série Cinema #EmCasaComSesc

Desde junho de 2020, o CineSesc realiza a série Cinema #EmCasaComSesc, na plataforma Sesc Digital (sescsp.org.br/cinemaemcasa). A iniciativa de oferecer gratuitamente filmes em streaming reforça os aspectos que ancoram a ação institucional do Sesc São Paulo, garantindo o acesso a conteúdos da cultura a variados públicos. Com maior presença no ambiente online, o Sesc amplia sua ação de difusão cultural, de maneira acessível e permanente. O público ganha assim mais um espaço para contemplar, descobrir e redescobrir o cinema, a partir de grandes obras selecionadas, disponibilizadas online e gratuitamente.
 
Os filmes ficam disponíveis por um período determinado, com alterações e novas estreias semanais a cada quinta-feira. Há ainda possibilidade de prorrogação da exibição, conforme a demanda do público, além de sessões especiais por períodos menores (como 24h, por exemplo). A curadoria do Cinema #EmCasaComSesc conta com a experiência do CineSesc, que segue fechado, por conta da crise causada pelo novo coronavírus.
 
+ Sesc Digital

A presença digital do Sesc São Paulo vem sendo construída desde 1996, sempre pautada pela distribuição diária de informações sobre seus programas, projetos e atividades e marcada pela experimentação. O propósito de expandir o alcance de suas ações socioculturais vem do interesse institucional pela crescente universalização de seu atendimento, incluindo públicos que não têm contato com as ações presenciais oferecidas nas 40 unidades operacionais espalhadas pelo estado. Por essa razão, o Sesc apresenta o Sesc Digital, sua plataforma de conteúdo!

Siga o CineSesc nas redes:

facebook.com/cinesescsp

twiter.com/cinesescsp

instagram.com/cinesescsp

youtube.com/cinesesc

Saiba+: www.sescsp.org.br/sescdigital

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário