segunda-feira, 24 de janeiro de 2022

PRIMEIRO CALÇADO REPELENTE APROVADO PELA ANVISA SERÁ UM IMPORTANTE ALIADO CONTRA O MOSQUITO AEDES AEGYPTI NESSA VOLTA ÀS AULAS

 

Ministério da Saúde estimou que o Brasil registrou um aumento de 32,6% nos casos de Chikungunya, comparando 2020 e 2021. As regiões Nordeste (115,2 casos/100 mil habitantes), Sudeste (29,3 casos/100 mil habitantes) e Centro- Oeste (7,6 casos/ 100 mil habitantes) são as que mais registraram casos da doença no último ano.

Por isso, todo cuidado é pouco para conter a proliferação do Aedes Aegypti e, a cada ano, novas campanhas são criadas para conscientização da população e agentes fiscalizam casas, comércios, parques e praças para acabar com os criadouros. Porém, apesar de todos os esforços, esses altos números registrados mostram que o Brasil enfrenta uma difícil batalha para combater o mosquito, que além dessa doença também transmite dengue e zika. Uma simples picada desse inseto, que tem menos de 1cm de comprimento, pode levar à morte ou deixar sequelas gravíssimas.

Mas a boa notícia é que as crianças podem contar com uma proteção extra. A Kidy, presente no mercado desde 1990 e que leva em seu DNA a inovação e os cuidados com os pés dos pequenos, possui em seu portfólio a linha Kidy Protect, que traz em seus calçados a inovadora tecnologia que repele o mosquito Aedes Aegypti e pernilongos.

“Ouvimos em nossas pesquisas de comportamento do consumidor muitos relatos de pais quanto a dificuldade em passar repelentes nas crianças e, pior ainda, quando é preciso interromper a brincadeira para um reforço. Por isso, é uma alegria poder contribuir com essa questão e deixar as crianças protegidas de maneira fácil e divertida”, conta Ricardo Gracia, diretor da Kidy.

Após dois anos de pesquisas, em parceria com a Universidade da Paraíba (UFBP), a novidade chegou ao mercado aprovada pelo comitê de ética e validada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) com um índice de aprovação de 96,7% de eficácia. Os calçados, além de estilosos e confortáveis, oferecem segurança e proteção para os pequenos e não apresentam nenhum tipo de risco à saúde. Junto com o produto vão 4 pastilhas repelentes, que são utilizadas uma por vez, os estudos mostraram que é possível garantir a proteção com a pastilha acoplada em apenas um dos pezinhos. Entretanto, a marca recomenda que a cada 15 dias seja feita a substituição para garantir melhor eficácia.

Com numeração do 16 ao 32, vários modelos de tênis e papetes estão disponíveis no e-commerce da marca (kidy.com.br) e nos PDV’s físicos espalhados pelo Brasil. Os preços variam de R$79,90 a R$189,90, já as pastilhas repelentes para reposição podem ser encontradas por R$17,99 (3 unidades).

Fonte/Foto-Reprodução-divulgação: Assessoria de Imprensa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário