segunda-feira, 24 de janeiro de 2022

REDE PARAIBANA, DE COSTURA E CONSERTO DE ROUPAS, TEVE FATURAMENTO DE 1,5 MILHÃO EM 2021

 

Em novembro do ano passado, a Associação Brasileira dos Promotores de Eventos (Abrape) realizou o 5.º Congresso Brasileiro dos Promotores de Eventos, e debateu diversos assuntos, entre eles, como será a retomada do setor têxtil, impactado pela crise da Covid-19.

Entretanto, mesmo diante à crise, o último trimestre foi o maior em número de demandas para a rede Tem Jeito, principalmente por conta das festas de fim de ano: "Com a retomada dos eventos, e também, o fato de ser o fim do ano, o melhor período de pedidos para nossa empresa foi o de dezembro. Algumas lojas chegam a 50% a mais no faturamento", enfatiza Macedo.   

Somando todas as lojas, em dezembro do ano passado, houve um faturamento de cerca de R$200.000. Além disso, a unidade da Tem Jeito de Manaíra, em João Pessoa, comanda uma parceria de grande lucro, devido à vocação turística da cidade, com o Hotel Cabo Branco Atlântico, onde confeccionam mais de 50 capas para colchões todos os anos. 

Não somente no mês de dezembro, ou por conta de setores específicos precisarem de ajuda com conserto, mas durante o ano inteiro a Tem Jeito é procurada por clientes que precisam de ajuste nas barras das calças. As lojas de João Pessoa, por exemplo, por estarem no litoral, mostraram crescimento, todo ano, com pedidos de conserto de roupas de banho.

A rede, que atualmente que conta com 25 colaboradores, e realiza cerca de 1.500 atendimentos por mês e conseguiu inaugurar 2 unidades no ano de 2021. Irá iniciar o ano com uma parceria de venda de serviços de consultoria de imagem, na loja de Campina Grande, que será validada e depois repassada por toda a rede. A ideia é que seja oferecido, serviços de análise de coloração pessoal e, o principal, análise de guarda-roupa.

Evandro de Macedo Filho, afirma ainda que pretende dobrar de tamanho esse ano, e ter a Tem Jeito espalhada por todo o país. Evandro ainda comenta que o mercado de franquias é um setor muito promissor, que consegue trazer resultados fantásticos para as pessoas, mesmo que muitas vezes não entendam nada sobre aquele assunto. Com o método know how proporcionado, especificamente pela Tem Jeito, o franqueado acaba gerando resultados acima do esperado.

A primeira unidade da Tem Jeito inaugurada do ano, será o novo modelo de negócio de ponto de coleta: o serviço expresso. Que funcionará no Clube Beach Tennis, em Campina Grande. “Essa loja, contará com apenas 6,5 metros quadrados, visando ser um novo ponto de venda nosso. A loja venderá todos os serviços, presentes já em uma loja convencional da Tem Jeito. Entretanto, realizará na própria loja os serviços simples. Já os demais serviços, podem ser feitos na Tem Jeito de modelo convencional da cidade”, explica o fundador da rede, Macedo Filho.

O empreendedor, cresceu em Campina Grande, no estado da Paraíba e cursou Administração de Empresas na Universidade Federal de Campina Grande. Após sua formação na universidade, e experiência no estágio, percebeu que o mercado local de Campina Grande, possuía um nicho muito interessante para empresas que consertassem peças de roupas com bom atendimento, qualidade e curto período. Em 2015, Evandro criou a Tem Jeito, que reúne todos os critérios em seu modelo de serviço.  

A Tem Jeito tem um investimento a partir de R$99 mil respectivamente, e o franqueado pode faturar mensalmente de R$ 20 mil a R$ 66 mil, dependendo do modelo de negócio escolhido, com retorno de investimento entre 18 a 24 meses e com prazo de contrato de 5 anos.

Sobre a Tem Jeito:

Fundada em 2015, pelo empresário Evandro de Macedo Filho, que viu no segmento de costura uma ótima opção para investir, já que nenhuma empresa ou costureira, realizava o serviço de costura, conserto e customização em pouco tempo, com qualidade e mantendo um ótimo atendimento com o cliente. Presente no segmento de Franchising, há 2 anos, a rede já conta com 5 unidades ativas. 

Fonte/Foto-Reprodução-divulgação: Assessoria de Imprensa - Legenda: Empresário Evandro de Macedo Filho

Nenhum comentário:

Postar um comentário