domingo, 2 de janeiro de 2022

TENDÊNCIAS DE CARREIRA PARA 2022: COMO ALINHAR TENDÊNCIAS E PROPÓSITO

 

A pandemia de COVID 19 trouxe muitos desafios e mudanças, com isso, tanto as empresas como os profissionais foram submetidos a acelerar processos como a grande adesão às tecnologias, o trabalho híbrido e até algumas habilidades do futuro. Rebeca Toyamaespecialista em carreira, comenta sobre as tendências de carreira para o próximo ano e traz 5 dicas para os profissionais trabalharem alinhados ao seu propósito compreendendo as demandas sobre as habilidades e competências do futuro, segundo estudo divulgado pelo Fórum Econômico Mundial.

Muito se fala sobre a importância de acompanhar o ritmo da mudança a fim de expandir e desenvolver as habilidades neste novo movimento que chegou antes do que previam os analistas, e que veio para ficar!

Segundo o último Relatório Futuro do Trabalho, do Fórum Econômico Mundial (WEF), estima-se que em 2025, cerca de 85 milhões de empregos podem ser substituídos por uma mudança na divisão de trabalho entre humanos e máquinas, enquanto 97 milhões de novos papéis podem surgir, que são mais adaptados à nova divisão de trabalho entre humanos, máquinas e algoritmos.

E por isso, a especialista em carreira, explica que para atuar neste cenário é de extrema relevância que os profissionais desenvolvam as competências adequadas para atender às novas demandas. “Podemos observar que esse saldo é positivo, mas para isso precisaremos transformar desafios em oportunidades e trocar a postura de vítima pela postura de protagonista. Essa recomendação é válida para empresas e profissionais ”, comenta Rebeca Toyama, especialista em carreira.

O relatório ainda projeta, que em médio prazo, haverá um crescimento nos ‘Empregos do Amanhã’, onde será uma demanda crescente para profissionais que desenvolverem as habilidades que os diferenciem de robôs.

“Nós já sabemos que a tecnologia ocupou um espaço de destaque no mercado de trabalho, vale lembrar que isso já vinha ocorrendo antes da pandemia e o processo acelerou bastante ao longo desses dois anos. Por isso o foco não é competir com as máquinas, mas sim encontrar formas de tê-las como aliadas”, comenta.

E as tendências de carreira, quais serão?

O mercado de trabalho passou por uma grande revolução nos últimos anos que acelerou os processos de automatização e de implantação de novas soluções e tecnologias como tendências de mercado. E entre as profissões emergentes estão aquelas que trabalham com soluções de big data, cloud, internet das coisas, e-commerce, inteligência artificial e diversos softwares e aplicativos. Esse processo exigiu a contratação de muitos profissionais de tecnologia e que estão em falta no mercado.

E segundo o relatório da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação (Brasscom), a área de Tecnologia da Informação (TI) deve contratar cerca de 420 mil profissionais até 2024. Além da tecnologia, outras áreas também devem aparecer entre as carreiras em alta para 2022 como:

  • Recursos humanos
  • Vendas & Marketing
  • Engenharia
  • Saúde
  • Sustentabilidade

Para Rebeca Toyama, para se ter uma carreira sustentável, o propósito pessoal deve estar integrado com as inúmeras necessidades reais existentes no mercado, pois serão delas que surgirão as oportunidades para empresas e profissionais. “Virou moda falar de propósito, mas enquanto não encontramos sua funcionalidade para a sociedade, o propósito acaba atuando como fonte de frustração, pois não prospera” finaliza, Toyama.

Diante das tendências de carreira e das habilidades e competências que precisaremos desenvolver, Rebeca Toyama, especialista em carreira, deixa 5 dicas para alinhar as tendências de carreira com seu propósito.

  1. Pergunte-se: “Qual problema ou necessidade real seu propósito é capaz de resolver?”;

  2. Encontre formas para transformar seu propósito em algo útil para a sociedade, observe se para você é mais importante ser visto ou servir;

  3. Faça da tecnologia uma grande aliada para colocar seu propósito no mundo, refutar, brigar ou reclamar não é uma boa opção;

  4. Quanto mais você entender sobre pessoas, melhor será para seu negócio ou carreira: afinal elas serão nossos clientes, gestores, concorrentes e parceiros;

  5. Invista em seu autoconhecimento, peça fundamental no desenvolvimento de qualquer tipo de habilidade e promoção de bem-estar.

 Sobre Rebeca Toyama

Rebeca Toyama é fundadora da ACI que tem como missão desenvolver competências dentro e fora das organizações para um futuro sustentável. Especialista em educação corporativa, carreira e bem-estar financeiro. Possui formações em administração, marketing e tecnologia. Especialista e mestranda em psicologia. Atua há 20 anos como coach, mentora, palestrante, empreendedora e professora. Colaboradora do livro Tratado de psicologia transpessoal: perspectivas atuais em psicologia: Volume 2; Coaching Aceleração de Resultados e Coaching para Executivos. Integra o corpo docente da pós-graduação da ALUBRAT (Associação Luso-Brasileira de Transpessoal), da Universidade Fenabrave e do Instituto Filantropia.

Fonte/Foto-Reprodução-divulgação: Assessoria de Imprensa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário