quarta-feira, 2 de fevereiro de 2022

A PREFEITA LIGHTFOOT, O DCASE E A COMUNIDADE DE DANÇA LOCAL DESIGNAM 2022 COMO O “ANO DA DANÇA DE CHICAGO”

 


Em sólida parceria com a comunidade de dança local, a prefeita Lori E. Lightfoot e a comissária do Departamento de Assuntos Culturais e Eventos Especiais (DCASE), Erin Harkey, designaram 2022 como o “Ano da Dança de Chicago”. Este foco anual de dança em toda a cidade é o primeiro desse tipo nos EUA. A iniciativa colaborativa ativará a indústria da dança de Chicago para abordar questões críticas que os dançarinos enfrentam e o campo da dança, incluindo financiamentos, espaços e capacitações -- e a sustentabilidade deste trabalho. O Ano da Dança de Chicago também incluirá apresentações de dança, dança social e eventos especiais para o público em dezenas de locais por toda a cidade.

 

Chicago é um centro de artes e cultura e possui uma próspera comunidade de dança. Atualmente é o lar de algumas das principais companhias contemporâneas e de balé dos EUA, com uma estimativa de 425 escolas/estúdios de dança, 344 apresentadores/locais e centenas de outras organizações, além de ser o berço do Footwork e outros estilos de dança. Porém, de acordo com o relatório recente “Mapping the Dance Landscape in Chicagoland”, quase dois terços de nossos dançarinos e coreógrafos ganham menos de US$ 15.000 anualmente com dança e 12% trabalham inteiramente sem receber.

 

“A pandemia teve um impacto particularmente devastador em nossa indústria de artes cênicas, pois os shows foram cancelados, os locais foram fechados e os artistas enfrentaram insegurança financeira”, disse a prefeita Lightfoot. “Através do ‘Ano da dança de Chicago’, poderemos revitalizar ainda mais nossa cena artística e cultural, bem como mostrar nossa incrível indústria da dança para o resto do país. O DCASE e eu estamos orgulhosos em oferecer este merecido destaque à comunidade de dança, que continua a nos trazer beleza, cultura e experiências de uma vida.”

 

“Após esses dois anos tumultuados, o “Ano da dança de Chicago 2022” é uma faísca de esperança e inspiração muito necessária para nossa comunidade de dança”, disse Maricza Valentín, CEO e Diretora Artística da Latin Rhythms Dance e instrutora de longa data do Chicago SummerDance.“De instrutores a coreógrafos, sentir que estamos sendo vistos, ouvidos e considerados é um presente incrível.”

 

O “Ano da dança de Chicago 2022” segue os sucessos das iniciativas de 2017, 2018, 2019 e 2020/21, que destacaram a arte pública de Chicago, nossa juventude criativa e as vibrantes cenas de teatro e música da cidade. Os parceiros incluirão organizações de serviços de dança como o Chicago Black Dance Legacy Project, o Chicago Dancemakers Forum e o See Chicago Dance -- bem como o Art on theMART, o Night Out in the Parks no Chicago Park District e muitos outros apresentadores e financiadores.

 

Comemorando 10 anos em 2022, o Night Out in the Parks no Chicago Park District está comprometido em levar programação e eventos de dança para todas as 77 áreas comunitárias de Chicago. O público pode esperar vários gêneros de dança, incluindo teatro, música e filmes, destacando dançarinos e coreógrafos, todos celebrando a rica e vibrante cena de dança de Chicago.

 

O anúncio está alinhado com o Art on theMART, celebrando o Ano da Dança de Chicago com quatro novas projeções como parte de suas temporadas de verão e outono, destacando os coreógrafos, dançarinos e artistas visuais que trazem o meio para todo o seu potencial : Floe de Carrie Hanson, uma peça sem título de Shkunna Stewart e Wills Glasspiegel com grupos de dança de jovens, Trap Moulin Rouge de Jasmin Taylor e Love Letters de Yuge Zhou.

 

See Chicago Dance, principal organização de serviços para dança em Chicago, cuja missão é defender e fortalecer uma gama diversificada de organizações e artistas de dança por meio de serviços e programas que constroem e envolvem o público — marcará o “Ano da dança de Chicago 2022” apresentando o Mês da Dança de Chicago em junho e organizando uma lista robusta de apresentações em parceria com o Navy Pier, o Chicago Park District e o Chicago Black Dance Legacy Project. Outras iniciativas incluem a Dance for Camera Production Residency, uma avaliação das necessidades da comunidade e a reformulação de sua plataforma de jornalismo.

 

Chicago Dancemakers Forum celebra o Ano da Dança Chicago com o Elevate Chicago Dance: eMerge, um festival que destaca a extraordinária arte dos dançarinos radicalmente diversos de Chicago. O Elevate (outubro de 2022) conta com apresentações, workshops e apresentações de dançarinos de Chicago em locais da cidade, incluindo o Chicago Cultural Center, o Dance Center of Columbia College Chicago, o Segundo Ruiz Belvis Cultural Center e o Big Marsh Park . O Elevate também promove artistas locais por meio de encontros e discussões com apresentadores de dança locais, nacionais e internacionais. Além disso, o Chicago Dancemakers Forum oferece encontros regulares para que artistas locais se conectem, compartilhem suas práticas artísticas atuais e se envolvam em diálogo aberto.

 

Em comemoração ao Ano da Dança de Chicago, o Chicago Black Dance Legacy Project em parceria com o Reva e David Logan Center for the Arts da Universidade de Chicago apresentará duas performances dinâmicas na primavera e no verão para promover a missão da organização e amplificar diversas vozes na dança por toda a cidade. Esta celebração baseia-se na visão de apoiar a programação de dança, facilitar o acesso a financiamento e capacitar a liderança artística e sênior das oito empresas parceiras do projeto: Ayodele Drum and Dance, Chicago Multicultural Dance Center, Deeply Rooted Dance Theatre, Forward Momentum Chicago, Joel Hall Dancers & Center, Muntu Dance Theatre, Najwa Dance Corps e Red Clay Dance Com-pany. A CBDLP também lançará um projeto de arquivo histórico que visa preservar e celebrar a história da dança negra em Chicago.

 

Em 2022, o DCASE apresentará muitos programas familiares, todos gratuitos, incluindo o muito amado Chicago SummerDance, trazendo uma variedade de dança social e música ao vivo no centro e nos bairros da cidade, concertos especiais de dança no Millennium Park e muito mais. Para os dançarinos, o Estúdio de Dança do Centro Cultural de Chicago estará disponível mais uma vez por meio de um próximo processo de inscrição, oferecendo espaço para o desenvolvimento de novos trabalhos e oportunidades para o envolvimento do público por meio de workshops, palestras de artistas e exibições de trabalhos em andamento. O Programa de Bolsas Culturais DCASE apoiará a indústria da dança de Chicago por meio de bolsas de projetos do Programa CityArts para o campo de dança. (As inscrições para esse programa foram encerradas em janeiro; os prêmios serão entregues em abril.)

 

O DCASE, em parceria com a comunidade filantrópica de Chicago, disponibilizará outros recursos financeiros para profissionais e organizações da indústria da dança ao longo deste ano.

 

Christopher “Mad Dog” Thomas, um dançarino de footwork de Chicago e co-destinatário da Americans for the Arts' Johnson Fellowship for Artists Transforming Communities em 2022 observa: “Nos últimos 16 anos com o Kuumba Lynx, concentrei-me em usar o footwork como uma ferramenta de resistência para abordar a causa raiz dos problemas sociais, ambientais e econômicos. O “Ano da dança de Chicago” abrirá uma janela de oportunidade para discutir o que acontece com as comunidades de dança negra e parda quando são diretamente afetadas pela gentrificação, educação, polícia, política e não há espaço para receita econômica sustentar seus estilos de dança urbana”. Em 2022, Thomas explorará a codificação de seu estilo do Footwork de Chicago enquanto desenvolve novas coreografias que contam as histórias de como os corpos reagem a certos traumas.

 

Para atualizações ao longo do ano, visite Chicago﹒gov/DCASE e participe da conversa nas mídias sociais  usando

#YearofChicagoDance.


Departamento de Assuntos Culturais e Eventos Especiais de Chicago

 

O Departamento de Assuntos Culturais e Eventos Especiais (DCASE) dedica-se a enriquecer a vitalidade artística e cultural de Chicago. Isso inclui promover o desenvolvimento do setor de artes sem fins lucrativos de Chicago, artistas independentes e empresas de artes com fins lucrativos; fornecer uma estrutura para orientar o futuro crescimento cultural e econômico da cidade, por meio do Plano Cultural de Chicago; comercializar os bens culturais da cidade para uma audiência mundial; e apresentar programas culturais de alta qualidade, gratuitos e acessíveis para moradores e visitantes. Para obter mais informações, visite o site oficial.

 

A programação DCASE é suportada pelo Chicago Transit Authority.

 

Choose Chicago

 

Choose Chicago é a organização oficial de vendas e marketing responsável por promover Chicago como destino internacional, destacando as qualidades inigualáveis da cidade, garantindo sua vitalidade econômica e o vigor de sua comunidade empresarial. Siga @ChooseChicago no Twitter e no Instagram @choosechicagobr. Dê like no Facebook. Para mais informações visite o site oficial. #CaptureChicagoExcitement | #ChicagoHome | #Only1Chicago 


Fotos/Crédito: Choose Chicago


Fonte: Assessoria de Imprensa 



Nenhum comentário:

Postar um comentário