terça-feira, 8 de fevereiro de 2022

ABEL/MODA BRUSQUE NESSA TERÇA-FEIRA, DIA 08, JOGA CONTRA O SESI/BAURU, EM SÃO PAULO

 

Depois de vencer o Bluvôlei, o ABEL/Moda Brusque joga contra o Sesi/Bauru, nessa terça-feira, a partir das 19h30min, em Bauru (SP). A última sexta-feira foi uma noite mágica, com a vitória de 3x2 contra o Bluvôlei, que já havia, no ano passado, participado da Superliga B. E o time ABEL/Moda Brusque foi criado em 2021 e participa pela primeira vez do campeonato. O time brusquense está invicto desde que foi criado, o que deixa o técnico Maurício Thomas otimista com os próximos jogos. A noite também foi marcada pela presença de Ruth Hoffmann,  85 anos, jogadora de vôlei que dedicou sua vida ao esporte. Ela deu o primeiro saque da partida, o que foi um estímulo para as atletas.

Essa vitória foi a terceira na Superliga B e a 21ª na história do time novato. E o Bluvôlei, que estava invicto, sofreu a sua primeira derrota. Cerca de 1,5 mil pessoas  estiveram na Arena Brusque acompanhando o jogo, o que fez as atletas jogarem com mais garra. “Tivemos um grande jogo, com altos e baixos, alguns erros que precisamos corrigir, mas as atletas demonstraram muita garra e foi isso que fez a diferença”, declara o técnico.

Sobre ABEL Moda/Brusque

O time é resultado do esforço conjunto da Associação Brusquense de Esporte e Lazer (Abel), diretoria de Turismo e a Fundação de Esportes (FME), de Brusque. E entraram como parceiros as empresas Fibrafisio, que oferece suporte na parte de fisioterapia, a academia ForceOne, para treinamento físico, FIP, RVB, Fran Fitness, HJ, Prefeitura, HR Têxtil, Cartão Azambuja, Ebenezer, Vale das Toalhas, Consulmed Saúde, Acredite Centro Logística, Harmonia Cosméticos, Emagrecentro,Unifebe, Iztextil e Agência Raffcom. Para a Superliga B, o time conta com o apoio da Massaneiro Turismo, que ficou responsável por duas das viagens.

O projeto ABEL tem 9 anos e quase 5 mil crianças já passaram por ele. Alguns já são atletas profissionais jogando em times fora do País. Para Maurício esse time feminino é uma nova possibilidade para o projeto de categorias de base da Abel. “Essas crianças têm um espelho, um modelo como ideal para seus futuros, principalmente agora que somos a equipe vencedora do estadual de vôlei”, afirma.

Fonte/Foto-Reprodução-divulgação: Assessoria de Imprensa 


Nenhum comentário:

Postar um comentário