terça-feira, 15 de fevereiro de 2022

OBRA DE GUTO LACAZ GANHA NOVO FORMATO NO LIVRO COINCIDÊNCIAS INDUSTRIAIS

 

Objetos que não têm relação direta, mas se encaixam perfeitamente. A obra Coincidências Industriais, do artista multimídia Guto Lacaz, foi transportada para as páginas de um livro a ser explorado de forma intimista e pessoal. Editado pela Lovely House, Coincidências Industriais, o livro será lançado no dia 21 de fevereiro, a partir das 18h, na Collectania.

Os editores Luciana Molisani e José Fujocka, da Lovely House, decidiram interpretar a obra de Lacaz em formato de livro de artista e criaram um registro lúdico de um dos mais conhecidos trabalhos do artista. Em formato de pequeno caderno, a edição reúne as peças da instalação artística em tamanho real, com folhas de acetato para permitir que o leitor encaixe os objetos recriando o projeto do artista.

“A obra gráfica traz cinco relações precisas entre dois objetos, gerando um terceiro, rico em plasticidade e materialidade. No decorrer das páginas, o livro desvenda e convida o leitor a reviver as relações encontradas pelo artista e seus pares”, explica Luciana Molisani. A primeira edição da obra artística literária tem tiragem de 300 exemplares numerados.

O projeto Coincidências Industriais têm sua origem ainda nos anos 1970, a partir da curiosidade de Lacaz sobre as coisas, que o levou a conhecê-las de forma íntima e a lançar um novo olhar sobre elas, oferecendo-lhes novas funções e criando novos objetos. “Isso é marca inconfundível de Guto Lacaz”, afirma José Fujocka

A obra de arte Coincidências Industriais integrou a mostra Allegro, 2019/20, apresentada na Chácara Lane - Museu da Cidade PMSP, que marcou os quase 40 anos da produção do artista.

Sobre

Autor

Guto Lacaz (1948), artista multimídia, nasceu e trabalha em São Paulo. É arquiteto pela FAU SJC 1974. Em 1978 ganhou o prêmio Objeto Inusitado -Arte Aplicada/Paço das Artes e iniciou sua carreira como artista plástico. Sua primeira individual, Ideias Modernas, aconteceu em 1982, na Galeria São Paulo. Em 1983 ocorreu a Eletro Performance, na Funarte SP e, na 18ª Bienal, a Eletro Esfero, na exposição A Trama do Gosto.

No final da década de 80, realizou a composição flutuante Auditório para questões delicadas, no lago do Ibirapuera, e Cosmos - um passeio no infinito, no MASP. Nos anos seguintes, realizou Periscópio, no Arte Cidade II, ganhou a Bolsa Guggenheim e, em 1999, realizou o espetáculo Máquinas III, no Teatro Cultura Artística. Editou em 2003 a série de serigrafias Pequenas Grandes Ações. Em 2007 realizou a exposição Gráfica, no CCSP, e ganhou o prêmio APCA Obra Gráfica. Posteriormente, criou a escultura hidrocinética Ondas D'Água para o lago do SESC Belenzinho, participou do Aberto Brasília com seu Objeto flutuante não identificado - OFNI Paranoá. Em 2012, inaugurou o conjunto eólico Claudio, Leonardo e Orlando Villas Boas, no Parque Estoril SBC, e realizou a exposição Eletro Livros, no Maria Antonia. Em 2018 participou da Exposição de Maio, sob o tema A Quarta Revolução Industrial, com 15 painéis ilustrados na Avenida Paulista, realizou YOYO - tudo que vai volta, no SESC Belenzinho, e art lab na Galeria Marcelo Guarnieri. Coincidências Industriaisintegra a grande exposição Allegro, 2019/20, na Chácara Lane - Museu da Cidade PMSP, que marcou os quase 40 anos da produção do artista.

Outras publicações - Desculpe a Letra (Ateliê Editorial), Gráfica (Arte Moderna), omemhobjeto (Decor Books), 80 Desenhos(Dash Editora). Edições do autor: Arte é energiaIOKContas AnacíclicasinvejaFUTUROouvi e riO roubo do Monumento às Bandeiras.

Editora

Lovely House é a editora e casa de livros brasileira sediada em São Paulo. Desde 2018, dedica-se à pesquisa, publicação e divulgação de livros de arte, com ênfase na fotografia e em livros de artista, nacionais e estrangeiros. No espaço, físico ou digital, ainda acontecem lançamentos e encontros com convidados especiais. É idealizadora e organizadora da IMAGINÁRIA_Festa do Fotolivro, o primeiro festival brasileiro totalmente dedicado aos livros de fotografia.  

Luciana Molisani @lumolisani

Paulistana, nascida em 1970, é graduada em Artes Visuais pela FAAP-SP. Entre 1991 e 2003 participou de diversos salões e mostras de arte, a partir de iniciativas institucionais ou de grupos artísticos independentes, dentre eles, o Salão MAM da Bahia, o Salão Nacional de Arte de Belo Horizonte e o Salão Nacional de Arte de Goiás. Em 1997, tornou-se sócia e diretora criativa na agência Irmãs de Criação Comunicação e Design e, desde 2003, participa de organização, edição e direção de arte de várias publicações do mercado editorial. Conquistou, ao lado de sua equipe, alguns prêmios do setor editorial e do setor de embalagens. Em 2011 e 2014, ganhou Prêmio Jabuti pelos livros Miro, artesão da luz(fotografia) e Maquiagem – Marcos Costa (capa), respectivamente. Tem ainda em seu currículo, os prêmios Fernando Pini (2006 e 2013) e Theobaldo de Nigris (2006) de excelência gráfica em publicações. Em 2018 idealizou e inaugurou em parceria com José Fujocka a Lovely House, editora e casa de livros especializada em publicação e comercialização de livros de arte, em que participa como editora e curadora de livros.

José Fujocka @fujocka

Nascido em Uberaba (MG) no ano de 1969, mudou-se para São Paulo em 1988 para cursar Bacharelado em Pintura pela Faculdade de Belas Artes. Mas foi à fotografia que desde o início dos anos 1990 se dedicou, trabalhando como fotojornalista no extinto veículo Notícias Populares (1991-1992). A partir de 1993 dedicou-se ao trabalho fotográfico autoral, organizando e participando de projetos artísticos como o Arte Cidade. Ganhou diversas bolsas de estudos e prêmios de artes visuais, entre eles a Bolsa Vitae de Artes e Marc Ferrez. Em 1995 foi convidado pelo Instituto de Artes de Banff, no Canadá, para desenvolver um projeto de arte pública. Em 2002, tornou-se sócio da empresa Fujocka Creative Images, um dos principais estúdios de pós-produção fotográfica do Brasil. Em 2010 ganhou junto com a equipe da Revista Trip o prêmio Esso de jornalismo na categoria Melhor Direção de Arte, com o editorial Morte. Ainda nesse ano, editou o livro Miro – Artesão da Luz, que em 2011 ganhou o prêmio Jabuti na categoria Melhor Livro de Fotografia. Em 2018 idealizou e inaugurou em parceria com Luciana Molisani a Lovely House, editora e casa de livros especializada em publicação e comercialização de livros de arte, em que participa como curador de livros e de eventos culturais.

Serviço

Editora - Lovely House

ISBN 978-85-85039-03-5

Valor regular - R$ 150,00

Valor no lançamento - R$ 120,00

2021 - 1ª Edição

40 páginas

Obras, texto e capa - Guto Lacaz

Editores - Luciana Molisani e José Fujocka

Desenho gráfico - Luciana Molisani

Fotografia - Edson Kumasaka e José Fujocka

Tradução - Fernando Janson

Lançamento do livro Coincidências Industriais

Guto Lacaz

21 de fevereiro de 2022

Das 18h às 21h

Na Collectania - Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 1.480

Fonte/Foto-Reprodução-divulgação: Assessoria de Imprensa



Nenhum comentário:

Postar um comentário