segunda-feira, 18 de abril de 2022

EM SUA OITAVA EDIÇÃO, SESSÃO VITRINE 2022 COMEÇA EM 28/04

 


Comemorando mais de uma década de existência, a SESSÃO VITRINE terá uma nova edição em 2022 apresentando longas inéditos em circuito a partir de 28 de abril. Inovador, o projeto de distribuição coletiva leva a salas de cinema de todo o país uma série de filmes, prezando por um recorte descentralizado e atual da produção audiovisual independente. A cada mês, uma nova obra é lançada em salas de cinema.

Desde seu lançamento, em 2011, a SESSÃO VITRINE já alcançou mais de 250 mil espectadores em todo o país e lançou filmes que se tornaram clássicos modernos da nossa filmografia. Para a edição deste ano, foram selecionados cinco longas: “Como Matar A Besta”, coprodução entre Brasil e Argentina, dirigida por Agustina San Martín; “Seguindo Todos os Protocolos”, de Fábio Leal; “Tantas Almas”, de Nicolás Rincón Gille, coproduzida entre Colômbia, Brasil, França e Bélgica; “Virar Mar”, de Philipp Hartmann e Danilo de Carvalho; e “A Morte Habita à Noite”, de Eduardo Morotó.

“A SESSÃO VITRINE 2022 vai trazer longas-metragens que foram destaque em grandes festivais do Brasil e do mundo, como os de Toronto, de Rotterdam, Torino, Tiradentes, Cine Ceará e Festival do Rio. São diferentes olhares de cinema que apontam para o potencial plural que nossa arte tem - além de um diálogo com outras cinematografias através de coproduções com Argentina, Alemanha e Colômbia”, conta Felipe Lopes, sócio da Vitrine Filmes.

Os filmes falam de gênero, sexualidade, pandemia, amor, morte, água. É o cinema como potência para gerar debates em nossa sociedade. Além disso, a nova edição da SESSÃO VITRINE tem grandes talentos na direção como Agustina San Martin, já premiada em Cannes, os pernambucanos Eduardo Morotó e Fábio Leal, e também atrizes e atores brasileiros de grande talento como Mariana Nunes e João Miguel.

“Essa edição da SESSÃO VITRINE é um marco de resistência na luta pela difusão do cinema brasileiro independente. Estamos sem editais federais que olhem para a distribuição dessas obras e, com o apoio do PROAC-SP, conseguimos dar continuidade ao projeto e seguimos na busca de mais apoio para a formação de público.”, conclui Felipe Lopes.

Uma das marcas da SESSÃO VITRINE é ampliar a experiência do cinema para além da exibição, incluindo pré-estreias e debates com diretores, elenco e equipe. E nesse ano, a novidade é o Podcast Vitrine, no qual um debate sobre cada uma das obras e mediado por convidados de destaque no cinema serão disponibilizados nas plataformas digitais.

A Sessão Vitrine 2022 foi contemplada pelo PROAC Direto 38/2021, programa de fomento do Governo do Estado de São Paulo e Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo.

Abaixo, mais informações sobre os filmes:

28/04 – Como Matar a Besta

Direção de Agustina San Martín

Elenco: Tamara Rocca, Ana Brun, João Miguel, Julieth Micolta, Kaique Jesus.

Brasil, Argentina e Chile  | 79′ | Drama, Suspense | 2021

Festivais principais: Toronto International Film Festival, Festival Internacional de Cine de Mar Del Plata; Festival do Rio; Festival Internacional de Cine en Guadalajara; Festival de Cinema Latino Americano; Festival de Huelva Cineiberoamericano

Sinopse: Emilia (17) chega a uma cidade religiosa na fronteira entre Argentina e Brasil. Ela busca pelo seu irmão desaparecido, com quem tem assuntos obscuros e mal resolvidos. Ela se hospeda na casa de sua estranha Tia Inés, próxima a floresta onde, de acordo com rumores, uma perigosa besta apareceu uma semana antes. A besta - as pessoas dizem - é o espírito de um homem mau que toma a forma de diferentes animais. Entre realidade e mitologia, humano e animal, e culpa e sexualidade, Emilia terá de confrontar seu passado.

26/05 – Seguindo Todos Os Protocolos

Direção de Fábio Leal

Elenco: Fábio Leal, Paulo Cesar Freire, Marcus Curvelo, Lucas Drummond, Vitória Liz, Bruce de Araújo

Brasil | 74′| Comédia dramática| 2022

Festivais principais: Prêmio Helena Ignez – Festival de Tiradentes 2022

Sinopse: Após ficar 10 meses sozinho em quarentena, Francisco quer transar.

30/06 – Tantas Almas

Direção de Nicolás Rincón Gille

Elenco: José Arley de Jesús Carvallido Lobo
Colômbia, Brasil | 137' | Drama | 2022

Festivais principais: Festival Internacional de Cinema de Roterdã, Festival Internacional del Nuevo Cine Latinoamericano de Havana, Festival Internacional de Cinema de Cartagena, Festival de Cinema de Taipei, Festa Del Cinema Di Roma, Festival Internacional de Cinema de Marrakesh

Sinopse: O pescador José atravessa o rio Magdalena, o maior da Colômbia, em busca dos corpos de seus dois filhos, assassinados pelos paramilitares. Apesar de sua dor, José está determinado a encontrá-los, para dar o enterro que merecem e, assim, impedir que permaneçam como almas errantes. Em sua jornada, José revela a magia de um país despedaçado, o que, de diferentes maneiras, evoca o Brasil de hoje.

28/07 – Virar Mar

Direção de Philipp Hartmann e Danilo de Carvalho

Elenco: Johannes Kirschbaum, Fernando Pimentel, Inga Richter, Larissa de Melo, Janayra Alves, Lorena Ahadzi, Jochen Picht, Angela Anzi

Alemanha, Brasil | 85' | Híbrido | 2020

Festivais principais: Toronto Film Festival, Doclisboa International Film Festival, Filmfest Hamburg, Olhar de Cinema

Sinopse: A água como metáfora física e metafísica e como pano de fundo da existência humana. Um ensaio entre documentário e ficção, entre o Sertão Brasileiro e os pântanos de Dithmarschen no norte da Alemanha. Dramas na observação do cotidiano em tempos de mudanças climáticas. Filmado em HD & Super-8.

AGOSTO – A Morte Habita à Noite

Direção de Eduardo Morotó

Elenco: Roney Villela, Mariana Nunes, Rita Carelli, Endi Vasconcelos, Pedro Gracindo

Brasil | 94' | Drama | 2020

Festivais principais: Festival Internacional de Cinema de Roterdã, Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema, Festival de Viña del Mar, Festival de Havana, Festival do Rio

Sinopse: Lígia, que nos últimos anos foi sua parceira de uma vida sem regras. Após ser abandonado por ela, deseja a bebida com mais vigor, contrai tuberculose e, entre postos de saúde e trabalhos transitórios, constrói uma doce relação com Cássia, uma jovem de dezenove anos. É a primeira vez que ela se apega de verdade a alguém. Porém, Raul, ainda fragilizado pelo sumiço de Lígia e pela doença, resiste em transformar a amizade numa relação amorosa. Com corpo e mente bastante corroídos pela doença, depara-se com Inês, uma mulher misteriosa que surge em seu quarto para uma última conversa.

Fonte/Foto-Reprodução-divulgação: Assessoria de Imprensa - Legenda: Virar Mar


Nenhum comentário:

Postar um comentário