segunda-feira, 2 de maio de 2022

“NEW MAN”: ADRIAN JEAN MOSTRA LADO VULNERÁVEL EM NOVO SINGLE

 


O cantor estadunidense de pop e R&B Adrian Jean compartilha a faixa “New Man”. A letra fala sobre a dor causada por relacionamentos que deram errado. Nela, o cantor permite que o público veja uma versão mais frágil sua, questionando quem é esse novo homem que tem a coragem de se abrir e desabafar sobre suas mágoas. A canção foi produzida pelo próprio Adrian, ao lado do Los Brasileros, time de super produtores que já assinou trabalhos de grandes nomes - entre eles, Anitta (no álbum “Kisses”), Luísa Sonza e Vitão (“Flores”) e Jão (no álbum “ANTI-HERÓI”). O audiovisual, por sua vez, tem direção geral de Andreza e Jef Delgado (frequentes colaboradores de Emicida e Mano Brown) e direção criativa de Cássio Andreasi, da mesma equipe.

 

“Pensei em ligar para dizer oi enquanto eu estava aqui / Bêbado discando tarde da noite, memórias trazem lágrimas / (Baby, onde erramos) / Eu te dei o melhor de mim / Mas você trouxe o pior em mim”, dizem versos de “New Man”. A história gira em torno do ressentimento com uma relação que teve um término conturbado. O protagonista expressa sua mágoa em ver a ex com um novo namorado. O cantor entrega que a inspiração para a faixa veio de uma situação vivida por ele: “Eu estive em uma discussão acirrada a semana toda e naquela manhã antes de ir para o estúdio foi a mais intensa”.

 

A temática da separação é comum na cultura pop, mas não é sempre que o público vê homens confortáveis em desabafar sobre o que sentem. “Há sentimentos, temos sentimentos e, como artista, acho que é meu trabalho expressá-los, compartilhá-los para pintar essas imagens que tenho na cabeça e compartilhar com outras pessoas para que alguém possa estar lidando com a mesma coisa ou tenha lidado com o mesmo peça se identificar também, perceber que é beleza que vem fora disso”, destaca Adrian. “Não é realista fingir que não posso sentir, não posso dividir esses sentimentos e não posso ser muito vulnerável”, acrescenta. “Esse novo homem é corajoso o suficiente para ser ele mesmo, para colocar seu coração na mesa e permitir que ele esteja lá fora?”, questiona.

 

Colocar sua fragilidade na mesa é um ato que contraria a ideia pré-concebida que a sociedade tem de pessoas negras. É como afirma Cássio Andreasi, diretor criativo do projeto, que completa: “O homem preto hoje, no meu ponto de vista, é estereotipado por expressar sempre o quanto é importante ser forte perante sua trajetória. Dificilmente acontece ou é reconhecido sobre expressar sentimentos frágeis”. O norte-americano ainda pontua que a canção tem vários significados em sua vida: “Eu sabia que o novo homem significava muito e, para mim, em geral, com base nas experiências e relacionamentos que tive, acho que estou chegando a uma posição na minha vida em que estou me tornando um homem novo e eu ainda estou aprendendo o que é isso e ficando feliz com isso”.

 

A produção da música ficou com Los Brasileros, que já colaboraram com Adrian em seu último lançamento - “TBT (Várias Como Você)” feat. Mc Du Black. “Eles sempre me permitem ser livre e fazer o que eu quero fazer, sentir o que eu quero sentir e me dão tempo para isso”, celebra o músico.

 

Sobre o processo criativo, o artista comemora: “Gosto de como foi descontraído. E como ele estava contando a história. Não tem um monte de instrumentos, não é uma grande produção. É muito simples e apenas uma contação de história. Isso é o que eu queria”. A faixa é um R&B, gênero muito explorado por AJ, e possui uma linha mais urbana e crua. “Eu cresci no R&B, cresci na música que minha avó costumava ouvir em casa”, o cantor compartilha e frisa que essa escolha musical é baseada em suas raízes. “Escutava muito The Temptations, Patti LaBelle, Harold Melvin and the Blue Notes, Smokey Robinson, Aretha Franklin, os sons da Motown…”, relembra.

 

O visual do projeto conversa com a obra de Jean-Michel Basquiat, grafiteiro de Manhattan que revolucionou o neo-expressionismo. A ideia veio do próprio músico, como ele conta: “O público vai ver no vídeo que usamos uma referência de Jean Michel Basquiat - eu gosto muito desse artista preto maravilhoso. Fizemos a recriação de uma foto que ele fez quando estava na frente de suas peças e utilizamos o conceito no videoclipe e na capa”.

 

No videoclipe, Adrian aparece tranquilo com um jogo de luzes dando o tom do caos que estaria se passando dentro dele. “A ideia foi desenvolvida após ouvir o single, calmamente ele deixa mensagens fortes e explícitas. Então, veio essa ideia de fazer alusões ao calmo e agressivo”, explica Cássio.

 

Quem preparou o norte-americano para a performance corporal no audiovisual foi o coreógrafo King Chris, que já trabalhou com nomes como Dua Lipa, Megan Thee Stallion, Kanye West, Camila Cabello e outros. “Trabalhar com o Adrian em ‘New Man’ foi épico, fiquei muito animado em trabalhar com um novo talento. A música é maravilhosa e sua performance é incrível. Estou honrado e orgulhoso”, contou ele. “A referência que quisemos usar era Basquiat, mas em 2022. Foi simples, para estabelecer a energia da apresentação de AJ como uma super estrela”, revela e completa: “Nós dois criamos juntos, colaborando na visão para esse vídeo”.

 

Adrian Jean é um cantor, compositor e produtor americano na cena R&B/Pop. Sucesso no TikTok, ele já soma mais de 25 milhões de visualizações no aplicativo. Suas influências incluem Michael Jackson, Stevie Wonder, Beyoncé, Whitney Houston, Frank Ocean, H.E.R. e SZA. O artista possui uma história de superação e chegou até a morar em seu carro, sob o letreiro de Hollywood, em Los Angeles, onde compunha suas letras. Hoje, com a carreira em ascensão, Adrian coleciona parcerias de sucesso e revela ser um apaixonado pelo Brasil. Inclusive, já colaborou com nomes proeminentes do cenário musical brasileiro, entre eles Carol Biazin e MC Du Black. AJ, inclusive, estreou nos palcos do nosso país ao lado do funkeiro no Baile da Favorita, em 2022.

 

FICHA TÉCNICA


Fonograma:

Composição: Adrian Jean, Jimmy Burney, Marcelinho Ferraz, Dan Valbusa, Pedro Dash, DMax

Produzido por Adrian Jean, Los Brasileros, Dmax

Gravado no Estúdio HEAD MEDIA

Mixado na HEAD MEDIA por Marcelinho Ferraz

Masterizado no Classic Master

 

Videoclipe:


Direção Geral: Irmãos Delgado

Direção Executiva: Fernanda Cintra

Direção Criativa e captação: Cassio Andreasi

Assistente de Direção: Tassio Yuri

Iluminação: Mario Fanti, Pedro Augusto e Cassio Andreasi

Edição: Diego Silva

Capa: Cassio Andreasi


FOTO/CRÉDITO: CÁSSIO ANDREASI


Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário