quinta-feira, 19 de maio de 2022

SEMANA ABC 2022 NA CINEMATECA BRASILEIRA

 


Este ano, a Semana ABC voltará ao formato presencial e ao local tradicional de sua realização, a Cinemateca Brasileira, em São Paulo, correalizadora do evento. A Semana ABC 2022 acontecerá entre os dias 25 e 28 de maio e trará na sua programação diversas mesas de debates, como as tradicionais voltadas à direção de fotografia, educação, som, pós-produção, direção de arte e montagem.

 

Evento anual, aberto ao público, promovido desde 2002 pela Associação Brasileira de Cinematografia, a Semana ABC tem o objetivo de apresentar ao mercado, estudantes e profissionais do cinema e do audiovisual as novas tendências de trabalho e gerar reflexões por meio de conferências, painéis e debates, que reúnem profissionais de diversas áreas do setor, do Brasil e do exterior.

 

A programação deste ano contará com 12 mesas presenciais e duas masterclasses online organizadas pela FELAFC (Federação Latino-americana de Autores de Fotografia Cinematográfica), que serão ministradas pelo diretor de fotografia brasileiro Affonso Beato, ABC, ASC (dia 25 de maio) e pela diretora de fotografia peruana Micaela Cajahuaringa, DFP (dia 26 de maio).

 

Na Cinemateca Brasileira, o evento iniciará com uma abertura realizada pela presidenta da ABC, Tide Borges, e pela diretora da Cinemateca, Maria Dora Mourão. Entre as mesas desta edição, estão: “Cinema na Arte Contemporânea”, com a participação de Ana Vaz, Kátia Maciel e Lucas Bambozzi; “Inserção e Diversidade no Mercado Audiovisual”, com Daiane Rosário, Fernanda Ligabue, Fernando Lomba, Hellen Braga, Kujaesage Kaiabi e Marcia Vax; e “O Cinema de Maryse Alberti”, mediada por Fernanda Tanaka, ABC, na qual a diretora de fotografia francesa, responsável por filmes como ‘O Lutador’, ‘A Visita’ e ‘Beleza Oculta’, conversará sobre sua trajetória profissional. A programação completa pode ser conferida no site da ABC <acesse aqui> 

 

Além disso, durante a Semana ABC, haverá um espaço de exposição de equipamentos e serviços, aberto das 10h às 19h30 no dia 25 e das 9h às 19h30 nos dias 26 e 27 de maio. Já confirmaram presença as seguintes empresas e instituições: Aputure, ARRI, Canon, Cineshop, Electrica, Hollywood Store, Ligth Motion, Locall, Marc Filmes, Monstercam, Nanlux, Next Move, Sindcine, Sony e ZEISS.

O evento é gratuito, aberto ao público e será necessária a apresentação do comprovante de vacinação contra a Covid-19, além de um cadastramento que poderá ser feito antecipadamente no link que divulgaremos em breve ou direto na Cinemateca.

 

Prêmio ABC 2022


Na cerimônia de encerramento da Semana ABC, dia 28 de maio, serão anunciados os 14 trabalhos ganhadores do Prêmio ABC 2022, quando serão prestigiadas as e os profissionais que mais se destacaram na cinematografia brasileira em 2021.

 

Semana ABC no YouTube


Enquanto aguardamos o evento, no canal da ABC no YouTube é possível encontrar diversas playlists com as mesas e master classes que ocorreram na Semana ABC desde 2004. Estão disponíveis vários conteúdos sobre direção de fotografia, direção de arte, pós-produção, som, ensino do audiovisual, entre outros temas, além de entrevistas com profissionais da nossa cinematografia.


Sobre


ABC


A Associação Brasileira de Cinematografia (ABC), fundada em 2000, reúne profissionais do audiovisual brasileiro. Hoje são mais de 450 associadas e associados e uma série de atividades realizadas, como oficinas e master classes. Através de um fórum, da Sessão ABC, Prêmio ABC, Semana ABC, do Informe ABC, boletim eletrônico enviado a cerca de duas mil pessoas, e da ABC Cursos de Cinema procura-se incentivar a troca de ideias e informações a respeito da área, além de dados sobre aperfeiçoamento técnico e artístico.


A Semana ABC é uma realização da ABC -- Associação Brasileira de Cinematografia, com correalização da Cinemateca Brasileira, patrocínio da ARRI, Canon e Monstercam e apoio da Aputure, Cinecidade, Cineshop, Electrica, Fábrica Brasileira de Imagens, Hollywood Store, Ligth Motion, Locall, Marc Films, Módulos, Nanlux, Next Move, O2 Pós, Sindcine, Sony, ZEISS e Zumbi Post.


CINEMATECA BRASILEIRA


A Cinemateca Brasileira, maior acervo de filmes da América do Sul e membro pioneiro da Federação Internacional de Arquivo de Filmes -- FIAF, foi inaugurada em 1949 como Filmoteca do Museu de Arte Moderna de São Paulo, tornando-se Cinemateca Brasileira em 1956, sob o comando do seu idealizador, conservador-chefe e diretor Paulo Emílio Sales Gomes. Compõem o cerne da sua missão a preservação das obras audiovisuais brasileiras e a difusão da cultura cinematográfica. Desde janeiro de 2022, a instituição é gerida pela Sociedade Amigos da Cinemateca, entidade criada em 1962 e que recentemente foi qualificada como Organização Social.


O acervo da Cinemateca Brasileira compreende mais de 40 mil títulos e um vasto acervo documental (textuais, fotográficos e iconográficos) sobre a produção, difusão, exibição, crítica e preservação cinematográfica, além de um patrimônio informacional online dos 120 anos da produção nacional. Alguns recortes de suas coleções, como a Vera Cruz, a Atlântida, obras do período silencioso, além do acervo jornalístico e de telenovelas da TV Tupi de São Paulo, estão disponíveis no Banco de Conteúdos Culturais para acesso público.


Serviço


Semana ABC 2022

25 a 28 de maio, quarta-feira, a sábado


Cinemateca Brasileira (Largo Senador Raul Cardoso, 207 -- Vila Clementino | São Paulo).


Evento gratuito


Fonte: Assessoria de Imprensa 


 

Nenhum comentário:

Postar um comentário