quarta-feira, 8 de junho de 2022

“BRASILEIRÍSSIMA”, LONGA DIRIGIDO PELO CINEASTA ANDRÉ BUSHATSKY ESTREIA EM SP E RIO DE JANEIRO NESTA QUINTA-FEIRA

 

Brasileiríssima convida o espectador a uma viagem pela herança sócio-cultural do maior produto de entretenimento já criado no Brasil: a Telenovela. Com depoimentos de Produtores, Roteiristas, Diretores,  Especialistas e Artistas, como Regina Duarte, Lima Duarte, Taís Araújo, Tony Ramos, Silvio de Abreu, Dennis Carvalho, Jorge Fernando, Glória Perez, Aguinaldo Silva, Jayme Monjardin, Pedro Bial, Ana Maria Braga e Boni, entre muitos outros, o longa apresenta o desenvolvimento deste gênero, desde os primórdios até os dias atuais, passando pelos momentos mais memoráveis da Televisão Brasileira.

Além de profissionais e pesquisadores, “Brasileiríssima” passa para o outro lado da TV e apresenta surpreendentes histórias de pessoas comuns que, em épocas e regiões distintas, transformaram suas vidas ao se identificarem com narrativas e personagens de novela que quebraram tabus, que questionaram os padrões sociais vigentes.

O documentário revela com delicadeza e emoção o verdadeiro impacto das Telenovelas nas vidas de diferentes gerações de brasileiros, que encontram semanalmente nessas histórias o refúgio da rotina e mergulham num mundo que, graças ao talento de uma gama de profissionais, tem lugar cativo no imaginário coletivo nacional.

Elenco/Entrevistados

Aguinaldo Silva

Ana Maria Braga

Boni

Dennis Carvalho

Glória Perez

Jayme Monjardin

Jorge Fernando

Lima Duarte

Mauro Alencar

Pedro Bial

Regina Duarte

Silvio de Abreu

Taís Araújo

Tony Ramos


Ficha Técnica 

Direção

André Bushatsky

Distribuição

Bretz Filmes

Produção

Bushatsky Filmes

Coprodução

Globo Filmes, GloboNews e Canal Brasil

Roteiro

André Bushatsky, Gilberto Nunes, Mauro Alencar e Marcus Aurelius Pimenta

Direção de Produção

Gilberto Nunes

Assistente de Produção

Rafael Nunes

Produção Executiva

André Bushatsky, Pedro Alves

Assistente de Produção Executiva

Luiz Henrique Simonetti, Andréa Akemi Okubaru Alves

Produção de Elenco

Fernanda dos Santos Carreira

Pesquisa de Imagem

César Barbosa, Aladim Miguel da Silva

Direção de Fotografia

Bruno Risas, Andréa Cebukin

Assistente de Câmera

Thiago Rodrigues, Murilo Perches

Som Direto

Júlio Miranda Monteiro Abreu

Maquiagem

Alzira da Cruz Pereira, Mayara Mangia

Edição e Montagem

Thais Zanoni

SOBRE


Diretor: André Bushatsky

ANDRÉ BUSHATSKY é cineasta, roteirista, produtor executivo e autor. Tem no seu repertório direções para programas de televisão, publicidade e conteúdo, roteiros para a animação “Peixonauta”, da Discovery Kids, a webserie “Mãe, Manhê”, além da animação “Miss Dollar”, baseada em um conto de Machado de Assis e premiada 12o. Festival Internacional de Cinema Infantil, FICI, os curtas “Roid” e “O Método Holandês”, o média-metragem “Tão Perto, Tão Longe” e o longa- metragem “A História do Homem Henry Sobel”, sobre o rabino Henry Sobel. O filme abriu o 18 ̊ Festiva de Cinema Judaico de São Paulo. 

Escreveu o livro “Moridea”, editado pela Patuá́.

Lançou em abril 2022 a série documental “Animais sem Lar” e acaba de finalizar o longa “Domingo à Noite”, ficção que conta com a participação de Marieta Severo, Zécarlos Machado e Natália Lage. 

Agora em lançamento comercial o documentário “Brasileiríssima”, sobre o impacto social e cultural da telenovela.

COPRODUÇÕES GLOBO FILMES, GLOBONEWS E CANAL BRASIL
 
A Globo Filmes, a GloboNews e o Canal Brasil assinam, juntos, a coprodução de diversos documentários, que transitam pelos mais diversos assuntos relacionados à cultura brasileira e que apresentam olhares únicos sobre personagens, épocas e fatos da nossa história. A parceria pretende fomentar a produção, a exibição e a divulgação de filmes do gênero, que ainda tem pouca visibilidade no mercado brasileiro, mas representa muito mais do que uma fonte de entretenimento: é essencial para a preservação da memória de uma nação.
 
Juntos, Globo Filmes, GloboNews e Canal Brasil já investiram em mais de 40 documentários, entre eles “Libelu – Abaixo a Ditadura”, de Diógenes Muniz (vencedor do É Tudo Verdade de 2020); “Babenco - Alguém tem que Ouvir o Coração e Dizer: Parou”, de Bárbara Paz (premiado como melhor documentário sobre cinema da Venice Classics, mostra paralela do 76º Festival de Veneza em 2019); “Cine Marrocos”, de Ricardo Calil (vencedor do É Tudo Verdade 2019 e ainda inédito em circuito); "Barretão", de Marcelo Santiago; “Henfil”, de Ângela Zoé (vencedor do Cine PE de 2018); “Menino 23”, de Belisário Franca (melhor doc do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2017); “Tá Rindo de Quê”, de Claudio Manoel, Álvaro Campos e Alê Braga; “Fevereiros”, de Marcio Debellian; “Mussum - Um Filme do Cacildis”, de Susanna Lira; “Setenta”, de Emília Silveira (melhor doc da Mostra São Paulo de 2014).

Atualmente, mais de 15 documentários estão em produção, em diferentes regiões do país.

BRETZ FILMES / BRASIL

Desde 1991 responsável pela distribuição de filmes e documentários no Brasil em cinemas, home vídeo, tvs e internet. Seu catálogo conta com aproximadamente 300 filmes de autor, de arte, clássicos e documentários, nacionais e internacionais.

LUIZ ERNESTO BRETZ / DISTRIBIDOR

Trabalhou no mercado de vídeo doméstico desde seus primórdios no início da década de 1980, distribuindo e representando empresas brasileiras e multinacionais. Em 1990 fundou a Bretz Filmes direcionada a este mercado. Passou a dirigir a área de aquisição e distribuição da Videofilmes em 2003 e, em 2011 retornou à Bretz Filmes, passando a distribuir em sua própria empresa, filmes nacionais e internacionais para cinema, vídeo, TV e VOD.

Fonte: Assessoria de Imprensa 



Nenhum comentário:

Postar um comentário