terça-feira, 14 de junho de 2022

ENTENDA COMO COLCHÃO ANTIÁCARO AJUDA A EVITAR DOENÇAS DE INVERNO

 

Com a chegada do inverno, a tendência é passarmos mais tempo na cama, aconchegados sob as cobertas, ultrapassando a média de oito horas diárias de sono. Uma vez que passamos mais tempo na cama, também aumenta o acúmulo de células de pele mortas, fios de cabelos e suor depositados no local, o que propicia a proliferação de ácaros que, normalmente, se alojam dentro dos colchões - um ambiente tipicamente quente e úmido. 

“Os cuidados necessários para uma noite de sono perfeita vão além de troca de lençóis, capas protetoras e limpeza pesada no colchão, que inclusive, em alguns casos, é possível encontrar recomendações de uso de produtos abrasivos que podem gerar o efeito contrário e agravar o problema. O ideal é adquirir um produto de qualidade, com tecnologia que tenha por fim impelir os ácaros, por exemplo”, explica Leonardo dos Anjos, diretor da Anjos Colchões & Sofás.

Para evitar que ácaros se alojem no local, os colchões anti ácaros usam uma tecnologia que envolve a inserção de microfloras probióticas naturais no tecido, não permitindo que os resíduos corporais inerentes dos seres humanos penetrem no colchão. O resultado é uma presença 99% menor destes micro-organismos no local, o que ajuda a evitar uma série de doenças respiratórias, como rinite, bronquite e asma. O resultado é um sono melhor que, por consequência, aumenta a qualidade de vida.

Sobre a Anjos Colchões & Sofás

Fundada no Paraná em 1990, a Anjos Colchões começou suas atividades com produção de estofados e apenas quatro funcionários. Em 2001 incorporou mais dois braços de negócios e estruturou um complexo que atende hoje padrões e normas internacionais de qualidade e segurança, gerando mais de 500 empregos diretos e 1800 indiretos. Em 2007, foi criada a Anjos Franchising, projeto que deu início a Rede Franquias Anjos Colchões & Sofás, que atualmente conta com 130 lojas e está presente em 14 estados brasileiros e quatro unidades no Paraguai.

Fonte/Foto-Reprodução/divulgação: Assessoria de Imprensa


Nenhum comentário:

Postar um comentário