sábado, 6 de agosto de 2022

GERDAU LEVA BANDAS DAS CIDADES ONDE PRODUZ AÇO PARA TOCAR EM PALCO INÉDITO NO RIO DE JANEIRO

 

Gerdau anuncia, nesta sexta-feira (5), mais uma novidade: o concurso musical Gerdau, me leva pro Rio!. A iniciativa nasce com o objetivo de fomentar a produção cultural local, com o apoio a novas bandas do cenário independentes das regiões em que a companhia produz aço, nos estados de Ceará, Minas Gerais, Paraná, Pernambuco, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e São Paulo.


A iniciativa terá a cantora Ivete Sangalo como embaixadora. Além disso, o concurso tem a parceria com Rodolfo Simor, produtor e músico indicado ao Grammy Latino, e que lidera a produtora musical Estúdio Bravo, considerada um centro de excelência em produção musical no Brasil. As bandas vencedoras poderão se apresentar entre 2 e 11 setembro, em um palco emblemático na cidade do Rio de Janeiro (RJ), com um pocket show de até 10 minutos; vão receber consultoria artística do Estúdio Bravo, e ainda vão receber o “Disco de Aço”, um troféu simbólico do concurso, produzido em aço.

 

“A Gerdau tem ampliado seus investimentos na promoção de cultura e na inclusão cultural, com olhar especial para as regiões em que temos operações. Esse concurso é mais uma forma de retribuirmos o carinho, o acolhimento e a parceria das cidades onde operamos. A Gerdau já tem apoiado eventos de grandes proporções, como o Rock in Rio, onde teremos o nosso aço no Palco Mundo e vários patrocínios em Minas Gerais, como a recente turnê do cantor João Bosco e Orquestra de Ouro Preto. Mas o nosso concurso é uma oportunidade para aqueles que produzem música ainda de forma anônima, em regiões onde produzimos o nosso aço, mas que um dia podem estar em um dos festivais e palcos mais importantes do mundo”, destaca Pedro Torres, Líder Global de Comunicação e Marca da Gerdau.

 

“Fico muito feliz em estar junto à Gerdau mais uma vez para fazermos o bem. É uma grande satisfação fazer parte de uma iniciativa que valoriza nossa música, nossa cultura e que abrirá portas para novos talentos de várias regiões do Brasil. Acredito que é uma ação muito importante para termos a nossa cultura valorizada”, destaca Ivete Sangalo.

 

Inscrições e regulamento


Podem participar do concurso musical bandas independentes com até cinco integrantes em que pelo menos um dos músicos seja das cidades de: Barão de Cocais, Congonhas, Divinópolis, Itabirito e Ouro Preto  e Ouro Branco (MG); Caucaia e Maracanaú (CE); Araçariguama, Mogi das Cruzes, Pindamonhangaba (SP); Araucária (PR); Recife (PE); Charqueadas e Sapucaia do Sul (RS) e Rio de Janeiro (RJ).

 

As inscrições vão até o dia 18 de agosto, pelo site aqui. A banda participante deve enviar um vídeo ou áudio com performance de música autoral, inédita e registrada na International Standard Recording Code (ISRC), no formato .mp3 ou .mp4, e duração de até 05 minutos. Após a inscrição, o material passará pela avaliação de uma comissão julgadora, que levará em conta critérios como performance e interpretação; arranjo e composição; cumprimento das regras do concurso. As duas bandas finalistas, que tocarão no Rio de Janeiro em setembro, serão anunciadas em 23 de agosto.

 

A relação da Gerdau com a música


O concurso vem na esteira de vários apoios da Gerdau ao universo da música. A Gerdau será apoiadora do Rock in Rio Brasil 2022, que terá a cenografia do maior Palco Mundo da história do festival, desde a primeira edição, em 1985, construído com aço Gerdau 100% reciclável. As 200 toneladas de aço que vão compor a cenografia do palco fazem parte de uma cadeia que movimenta milhares de pessoas e cooperativas de reciclagem, que ajudaram a transformar sucata metálica no espetáculo cenográfico do maior evento de música e entretenimento do mundo.


A empresa também tem apoiado várias iniciativas culturais no estado de Minas Gerais. Um exemplo icônico é o concerto comemorativo de aniversário de 120 anos da Gerdau com João Bosco e Orquestra Ouro Preto. O concerto ganhou uma turnê pelas cidades mineiras em que a empresa atua. A Orquestra continua em cartaz, desta vez com apresentação ao vivo da trilha de “O Garoto”, de Charles Chaplin.


Além disso, a Gerdau promove a turnê estadual da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais e patrocina o Festival Internacional de Jazz de Ouro Preto -- Tudo é Jazz -- festival pioneiro em Minas Gerais que completa 20 anos em 2022. A empresa já havia promovido a primeira edição do festival, em 2002.

 

Sobre Gerdau


Com 121 anos de história, a Gerdau é a maior empresa brasileira produtora de aço e uma das principais fornecedoras de aços longos nas Américas e de aços especiais no mundo. No Brasil, também produz aços planos, além de minério de ferro para consumo próprio. Além disso, possui uma divisão de novos negócios, a Gerdau Next, com o objetivo de empreender em segmentos adjacentes ao aço. Com o propósito de empoderar pessoas que constroem o futuro, a companhia está presente em 9 países e conta com mais de 36 mil colaboradores diretos e indiretos em todas as suas operações. Maior recicladora da América Latina, a Gerdau tem na sucata uma importante matéria-prima: 71% doaço que produz é feito a partir desse material. Todo ano, 11 milhões de toneladas de sucata são transformadas em diversos produtos de aço. A companhia também é a maior produtora de carvão vegetal do mundo, com mais de 250 mil hectares de base florestal no estado de Minas Gerais. Como resultado de sua matriz produtiva sustentável, a Gerdau possui, atualmente, uma das menores médias de emissão de gases de efeito estufa (CO₂e), de 0,90 t de CO₂e por tonelada de aço, o que representa aproximadamente a metade da média global do setor, de 1,89 t de CO₂e por tonelada de aço (worldsteel). Para 2031, a meta da Gerdau é diminuir as emissões de carbono para 0,83 t de CO₂e por tonelada de aço. As ações da Gerdau estão listadas nas bolsas de valores de São Paulo (B3), Nova Iorque (NYSE) e Madri (Latibex).


Fonte: Assessoria de Imprensa 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário