quarta-feira, 3 de agosto de 2022

O INÉDITO EM BUSCA DO BALÃO MÁGICO – UMA AVENTURA MUSICAL ESTREIA EM SETEMBRO COM DIREÇÃO DE JARBAS HOMEM DE MELLO

 


Foi apostando na atemporalidade das canções presentes na memória dos adultos de hoje, e também como uma grande celebração ao universo infantil criado pelo programa de televisão "Balão Mágico", exibido pela Globo, que surgiu o espetáculo Em Busca do Balão Mágico - Uma Aventura Musical. Com estreia marcada para 17 de setembro, no Teatro das Artes (Shopping Eldorado – SP), a peça tem ingressos à venda pelo site da Sympla. A direção é de Jarbas Homem de Mello e o texto é de Tulio Rivadávia


O projeto é um licenciado oficial da Globo e contará com a supervisão artística de Raoni Carneiro, Diretor de Projetos Especiais da emissora. “Estamos muito animados com essa montagem e com a oportunidade de ver uma marca tão forte, que marcou uma era na televisão, e que chega ao teatro. Ela traz para o palco o resgate de músicas que impactaram uma geração e que pudemos ouvir na infância, agora temos a oportunidade de compartilhar com os filhos e com a família”, comenta Carneiro.


No elenco mirim estão Rafa Gamba, Lorenzo Galli, Gab Cardoso e Pedro Galvão. Já no elenco adulto estão Tony Germano, Edmundo Vitor, JV Fiori, Larissa Venturini, Mariana Lilla, Leonardo Sidney, Bel Nobre e Helô Aquino.


Em uma história original, os produtores Rose DalneyTúlio Rivadávia Marcio Sam trazem à tona os conflitos da modernidade com a pureza da imaginação infantil. Mensagens como a necessidade da paz, a não violência, o respeito aos animais e à natureza, além da importância do núcleo familiar na formação das crianças, estarão presentes nessa “Busca pelo Balão”, que no espetáculo se faz o mote principal, estimulando no público o desejo de um mundo melhor para as próximas gerações e a paz para os dias de hoje.


Enredo:


Todos os dias após a aula Theo, Max, Jaiminho e Sofia se encontram na praça para brincar, porém a cidade em que moram está mudando e a rua já não é mais tão segura quanto antes. Preocupados com a violência e mudança repentina do tempo, os pais resolvem proibir as brincadeiras na rua. As crianças atentas às mudanças chegam à conclusão de que se a violência aumentar e não puderem mais se encontrar na rua e os pais sempre ocupados como estão, vão acabar sem companhia para brincar e presas sozinhas dentro de casa. Elas precisam então agir!


Ao ouvir a conversa do filho com os amigos sobre salvar o mundo, o pai de Jaiminho dá uma pista: que tudo ¨depende de nós¨ e aprendeu isso com um tal de Balão Mágico. Ao se encontrarem novamente na praça, dão de cara com uma figura de outro planeta, mas muito conhecida de todos os adultos: o Fofão! O alienígena revela que também está em busca do Balão Mágico, que devido à falta de amor, sonhos e sentimentos bons, o Balão murchou e pode ter ido direto para a sombria terra da Tristonholândia. As crianças então não têm dúvidas que reencontrar o Balão seria a esperança para curar os pais da falta de tempo, trazer a paz para a cidade e deixar as ruas livres para brincarem novamente. Juntos partem para uma incrível aventura em busca do Balão Mágico


A peça traz uma jornada intergaláctica que passará pela Passarolândia, a terra da Galinha Magricela e do Pato Cantor, onde acontece o animado Baile dos Pássaros. No Mundo dos Sonhos, encontram o amável Urso Pimpão e lá embarcam no Trenzinho que faz “chin chin pon pon” e são levados direto ao país dos Felisbertos, o lugar mais feliz que existe. Uma viagem superfantástica que os faz aprender sobre o amor, amizade e felicidade, sentimentos que reunidos formam um poderoso combustível, a única maneira de poderem inflar o Balão Mágico!


Sobre


Dramaturgia


Tulio Rivadávia, que assina a dramaturgia do espetáculo, conta que o tempo inteiro buscou aproximar as gerações através de uma linguagem atual, que dialogue com os jovens que já nasceram conectados e também com a nostalgia dos mais velhos.


"Escrever para o público infanto-juvenil já é uma grande responsabilidade, a carga aumenta quando o tema é algo tão precioso e latente na memória afetiva de toda uma geração que cresceu com aquele repertório", diz o dramaturgo, reforçando que um dos seus grandes desafios foi resgatar e construir a presença do Fofão no texto. 


"Estamos tratando de um personagem marcante para todos, que possui características muito próprias e, após me debruçar em estudos e pesquisas, tentei ser fiel ao máximo à memória da interpretação do brilhante Orival Pessini, criador do personagem", diz Tulio, reforçando que em seu trabalho também procurou trazer referências e homenagens ao universo infanto-juvenil da década de 80 baseando-se nos personagens que passaram pelo Balão


Direção


Segundo Jarbas Homem de Mello, que assina a direção geral do espetáculo, uma grande responsabilidade neste trabalho é o de fazer com que a narrativa da peça avance por meio da interpretação de quatro crianças muito talentosas, que resgatam canções que estão no inconsciente coletivo dos brasileiros. "O público pode esperar por um espetáculo que vai trazer muita felicidade tanto para as crianças quanto para os adultos", diz Jarbas. 


Produção


"Meu desejo é sempre religar pessoas, então, não temos tema melhor para conectar pessoas e gerações do que O Balão Mágico - os pais contando aos filhos o que eles viveram quando eram crianças e os filhos se divertindo com as lembranças dos pais. Poder proporcionar isso é emocionante", conta Marcio Sam, que assina a produção do espetáculo ao lado de Rose Dalney.


Rose afirma que uma história baseada no Balão Mágico tem o potencial de ser voltado à família em um sentido mais amplo, já que vai resgatar o lugar especial da memória afetiva dos pais, mães, tios e padrinhos de hoje. "Além disso, os temas de infância e maior idade são temas muito caros para mim. Acho importante exaltar nossos idosos e incentivar nossas crianças. Acredito que trabalhar a memória é muito importante. Através dessa memória, nos identificamos, nos reconhecemos e nos criticamos para seguirmos melhores", complementa. 


Já Marcio reforça que seu desejo com a obra é proporcionar reflexões e mensagens de esperança para as pessoas. Um dos grandes desafios da produção é buscar o máximo possível de aproximação com a atmosfera criada pelo grupo 40 anos atrás e conectá-la com o público do presente. "Trata-se de uma peça para toda a família. Ela é alegre, emocionante e traz uma mensagem educativa para pais e filhos", finaliza.


A produtora Rose também conta que a obra é uma celebração à amizade e uma reflexão divertida e educativa sobre outros temas, como meio ambiente, diversidade, afeto e a importância de transformar as crianças de hoje em adultos melhores amanhã.


Cenário


Natalia Lana, cenógrafa do espetáculo, conta que sua proposta é resgatar a memória afetiva gerada pelo Balão Mágico a pessoas de sua geração e fazer com que aquela sensação se manifeste no público a partir do espetáculo. Em seu trabalho, foram criados conceitos para todos os ambientes fantásticos onde se passa a história. No palco, vai estar refletida uma visão lúdica de brincadeiras de criança em um parquinho, garantindo um apelo visual inventivo e muito emocionante.


Direção musical


Laura Visconti, que assina a direção musical da peça, conta que sua construção criativa para essa obra procurou manter a identidade de sucessos de 40 anos atrás por meio de uma linguagem musical que também dialogue com 2022. "Estamos cuidando muito pra nos mantermos no limite entre a criatividade e a preservação da origem e da essência das músicas", explica.


Para a artista, o trabalho também é uma oportunidade para que os adultos contem às crianças um pouco sobre suas infâncias e que as crianças também tenham a oportunidade de se apaixonar e se emocionar com o Balão Mágico


Figurino


O trabalho de Bruno Oliveira, responsável pelo figurino, traz um resgate regado de nostalgia, mas também com novos ares para criar um diálogo com a nova geração. "A ideia é trabalhar uma linguagem atual e moderna sem perder a verdadeira essência de ícones", conta Bruno.


O figurinista adianta que as peças serão lúdicas e vão passar por transformações ao longo da peça. "Posso adiantar que algumas trocas de roupas, elementos e adereços vão encantar o público ao longo da viagem do Balão Mágico", diz.


Ficha técnica


Texto: Tulio Rivadávia 


Direção geral: Jarbas Homem de Mello


Argumento: Rose Dalney e Tulio Rivadávia 


Direção Musical: Laura Visconti


Coreografia: Sabrina Mirabelli


Cenário: Natália Lana 


Iluminação: Wagner Freire 


Figurinos: Bruno Oliveira 


Elenco Mirim: Rafa Gamba, Lorenzo Galli, Gab Cardoso, Pedro Galvão


Elenco adulto: Tony Germano, Edmundo Vitor, JV Fiori, Larissa Venturini, Mariana Lilla, Leonardo Sidney, Bel Nobre e Helô Aquino.


Assessoria de Imprensa: Agência Taga


Produção Geral: Rose Dalney e Marcio Sam 


Idealização e Realização: Miniatura9, Rivadávia Comunicação e Religar Comunicações


Realização: Ministério do Turismo


Patrocínio: UOL


Apoio: CS Brasil Frotas e Hermes Pardini


Serviço:


Local: Teatro Das Artes (Shopping Eldorado) 

End. Av. Rebouças, 3970 - Store 409 - Pinheiros, São Paulo - SP, 05402-600 


Temporada: 17 de setembro a 6 de novembro de 2022


Dias e horários: Sábados, às 14h e 16h | Domingos, às 16h


Vendas: Pelo site da Sympla ou na bilheteria do teatro | A bilheteria funciona de terça a sexta, de 14h até o início do espetáculo; e sábado e domingo, de 13h até o início do último espetáculo.


Valor do ingresso: R$35 a R$120


Mais informações na página oficial do musical: www.instagram.com/embuscadobalaomagico


Fonte: Assessoria de Imprensa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário