sexta-feira, 3 de abril de 2015

EM BRASÍLIA PÁSCOA ITALIANA É NA PANETTERIA D’OLIVA

Nesta Páscoa na Capital Federal a Panetteria D’Oliva, localizada na QE 26 do Guará II, preparou uma linha de produtos especiais italianos, além de uma variação do brownie, que podem ser encontrados diariamente na casa. São eles: schiacciata de uva, colomba pascal, pão frolá e brownie de nozes com cereja.

A Colomba Pascal - um pão doce e enfeitado, em forma de ave - é um dos símbolos da data cristã. Em italiano, a palavra colomba significa "pomba", mas, na Páscoa, época em que se celebra a ressurreição de Jesus Cristo, o pão representa o Espírito Santo e a paz.

Justamente por isso inspirou um velho padeiro, chamado Luiggi, numa sensível missão de paz. Conta-se que, ao norte da Itália, em Lombardia, vilarejo de Pavia, houve uma invasão local do exército de Alboíno, o rei dos Lombardos, que levou três anos para romper os portões da cidade, o que ocorreu à véspera da Páscoa, em 572.

Luiggi, seguindo orientação de uma visão atribuída ao Espírito Santo, para acalmar os ânimos do rei, preparou um pão diferente, elaborado com ricos ingredientes e assado no formato da pomba da paz. Quando recebeu o presente, Alboíno ficou encantado com o sabor do pão bem como com a iniciativa, e decidiu poupar o vilarejo do ataque.

O "símbolo eucarístico em forma de pão doce" costuma ser compartilhado em alguns países europeus - especialmente na Itália -, no café da manhã de Páscoa e na "Pasquetta", que é uma extensão da Páscoa até a segunda-feira seguinte.

Nos últimos anos, a Colomba Pascal já é encontrada à venda no Brasil e começa a se tornar tradição nas manhãs de Páscoa, assim como o panettone no Natal. Sua massa tem sabor semelhante ao do panettone e é rica em ovos, com longa fermentação e sabor delicado. Na Panetteria D'Oliva, há três opções, todas com 450g: figo e nozes (R$ 30,00 cada), frutas cristalizadas (R$ 22,00 cada) e chocolate (R$ 32,00).

Tradicional da Toscana (Itália), a schiacciata (pronúncia-se scatiáta) pode ser doce ou salgada. Aqui no Brasil, como a época da vindima no Sul do país costuma se estender pelo mês de março, durante a Páscoa, é comum, nas colônias italianas, a schiacciata de uvas, que podem vir no recheio e na cobertura, ou somente na cobertura.

Nesta Páscoa, na Panetteria D'Oliva, é possível encontrar a versão doce, de uva. O resultado é uma massa leve, de fermentação natural e lenta, rica em azeite, de doçura sutil e cobertura de uvas assadas ao forno. A unidade de 350g sai a R$ 9,00.

Outra opção é o pão frolá, vendido apenas sob encomenda. Sua origem vem da massa frolla (em italiano), muito utilizada em tortas recheadas com doces. No centro da Itália, a frolla ganhou versões adaptadas à massa de pão e com recheios salgados, elaborados com embutidos e vegetais. Mas foi em São Paulo, na padaria 14 de Julho, no Bixiga, que o frolá passou a ser conhecido como tal.
 
Tradicionalmente com quase 2 metros de comprimento por 1 de largura e 12 quilos, é recheado com calabresa, azeitona, tomate seco, muçarela, provolone e berinjela. Dessa forma e com esse nome, tornou-se popular na capital paulistana, vendido em fatias.

Na Panetteria D'Oliva, o frolá é recheado com muçarela, parmesão, tomate seco, calabresa, berinjela e azeitonas pretas, a R$ 60,00 o quilo. A massa tem textura leve, é rica em azeite de oliva, e o pão, ideal para aperitivo ou acompanhamento de antepastos.

Já quem prefere apostar no chocolate, os brownies são ótimas sugestões. Eles são preparados com chocolate 60% cacau e ainda têm a opção com nozes e cereja, exclusiva para a Páscoa. A unidade do tradicional bolinho de chocolate cremoso sai a R$ 7,00 (somente de chocolate) e a R$ 10,00 (de chocolate com nozes e cerejas).

SOBRE PANETTERIA D’OLIVA

Inaugurada em 30 de julho de 2014 na QE 26 do Guará II, a boutique de pães artesanais é comandada por Felipe Oliveira, 26 anos. Formado em Hotelaria pela Universidade Anhembi Morumbi (SP), com especialização nas áreas de Alimentos e Bebidas, o jovem padeiro aprendeu a fazer pães com uma das autoridades na área aqui no Brasil, Rogério Shimura, proprietário da Levain Escola de Panificação e Confeitaria. Foi lá, entre 2012 e 2013, que ele se formou no ofício em cursos do básico ao avançado.

Do forno da Panetteria D’Oliva saem, diariamente, receitas nada convencionais e bem distantes do tradicional pão francês. Todos os produtos são artesanais e elaborados com fermento natural, livres de aditivos químicos, conservantes, corantes e aromatizantes.

Atualmente, a casa oferece uma linha com cerca de 30 variedades de pães. Entre as opções estão baguette, pão italiano, ciabatta, pães recheados (baguette com calabresa ou com parmesão, por exemplo), pão de campanha, brioche, rosca de canela, pan quemado (também nas versões recheadas com goiabada, doce de leite e chocolate meio amargo), bolos e pães integrais, entre outros. Vale ressaltar que a maioria das receitas tradicionais não levam leite nem derivados. Logo, podem ser consumidas por intolerantes à lactose.

SERVIÇO

Panetteria D’Oliva

Endereço: QE 26, Bloco B, Loja 22 - Guará II, Distrito Federal.

Telefone: (61) 3083-8213 e (61) 3083-8214.

Aberto: De segunda a sábado.

Horário: das 9h às 20h.

Site: http://panetteriadoliva.com.br

Fotos/crédito: Rener Oliveira

Fonte: Assessoria Naiobe - assessoria.naiobe@gmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário