sexta-feira, 9 de agosto de 2019

OSKLEN APRESENTA NOVA COLEÇÃO DE SS20


Janeiro evoca a vibração e o joie de vivre do Rio de Janeiro, berço e inspiração da cultura da Osklen. O contraste entre a metrópole e a natureza, o concreto e a praia, refletem o lifestyle proposto por Oskar Metsavaht, que extrapola a moda e ganha uma nova plataforma de expressão, o hotel Janeiro.

O frescor das tardes de verão e o mergulho nesse cenário urbano tropical onde encontra-se o hotel Janeiro foram o start para a construção dos códigos da coleção SS20 da Osklen, traduzidos em cores, formas e texturas.

Trabalhando com esse repertório estilístico, Caetana Metsavaht, representante genuína desse lifestyle e filha primogênita de Oskar, teve seu debut ao criar sua primeira coleção cápsula para a Osklen, ao lado da diretora de design de moda, Juliana Suassuna. Todo o processo se desenvolveu no estúdio da marca em NY. Ao lado de Oskar, Caetana colabora na esfera criativa da Osklen, dedicando o seu olhar ao estilo da marca em todas as suas plataformas: da coleção às campanhas. 

ASAP – As Sustainable As Possible | As Soon As Possible 

Dando continuidade ao movimento ASAP, um chamado da OSKLEN para a urgência da adoção de um estilo de vida alinhado a práticas sustentáveis socioambientais, a coleção Janeiro reafirma esse compromisso através de seus projetos em parceria com o Instituto-E. 

A integração entre o calçadão e a areia é palco de um desses projetos emblemáticos, a Recuperação da Vegetação de Restinga. Através desta iniciativa pioneira, que teve início em 2009, mais de 10 mil metros quadrados de canteiros foram criados e recobertos com mais de 40 mil mudas de plantas típicas desta vegetação de beira de praia, reconstituindo para seus frequentadores e visitantes um cenário ainda mais belo, que enfeitava a orla carioca até a década de 50. 

Além de contribuir esteticamente, recuperar a flora e fauna originais e estimular a educação ambiental de centenas de alunos de escolas públicas que participam dos replantios periódicos, esses canteiros também ajudam a manter uma temperatura local mais amena, além de evitar o deslocamento da areia em dias de tempestades e ventos fortes. É um exemplo de uma parceria público-privada bem-sucedida, que beneficia milhões de pessoas, promovendo a prática da cidadania e do bem cuidar de um espaço que é de todos.

SOBRE:

JANEIRO HOTEL 

O JANEIRO traduz a bossa do Rio em experiência. A natureza colabora. Localizado na praia do Leblon, em seus 53 quartos, as janelas são como uma obra de arte em constante mudança. Tons suaves remetem à natureza brasileira em elementos de design. A sofisticação despretensiosa é percebida em todos os detalhes; dos quartos à comida, da música à arte, tudo é uma extensão das areias, do mar e das montanhas do cariocas.

INSTITUTO-E 

Fundado e presidido por Metsavaht desde 2007, o Instituto-e (IE) desenvolve e implementa projetos inspirados pelo conceito dos 6 Es: earth, environment, energy, education, empowerment e economics com o objetivo de ajudar a promover o Brasil como país da sustentabilidade através de pensamento criativo e ações. 

E-BASICS 

Linha permanente Osklen de peças básicas e atemporais produzidas com o menor impacto socioambiental possível através de novas tecnologias, upcycling, materiais reciclados e da geração de renda e empoderamento de grupos comunitários em situação de vulnerabilidade. 

E-FABRICS 

O projeto e-fabrics identifica matérias-primas sustentáveis que possam ser utilizadas pela indústria têxtil e pela cadeia produtiva da moda, criando uma cultura de consumo consciente, estudo da origem da matéria-prima e do impacto do processo produtivo. Preservação da diversidade e das relações com as comunidades. 

Pirarucu - As peles dos Pirarucus são provenientes do único fornecedor que é credenciado e autorizado pelo IBAMA. Possuem o certificado CITES, que regulariza o comércio mundial de espécies em risco de extinção. São originários de pequenos criadouros localizados no Estado de Rondônia, cujos proprietários recebem assistência permanente para incrementar o manejo sustentável destes peixes. São pescados apenas quando atingem a idade adulta e não estão em período de reprodução. A piscicultura do Pirarucu representa também uma importante alternativa econômica para a população local, contribuindo para um menor índice de desmatamento porque requer uma área 10 vezes inferior à que seria necessária para obter uma renda equivalente com pastagem para gado. E todas estas peles são processadas em um curtume situado numa área rural do Estado do Rio de Janeiro que emprega trabalhadores da região, evitando sua migração para as periferias das cidades mais próximas. No processo de tingimento não são utilizados metais tóxicos como o cromo, a água é reaproveitada e os resíduos são transformados em adubos para a horta dos funcionários. 

Salmão - O salmão é um peixe destinado fundamentalmente à alimentação e, na maior parte das vezes, tem como único subproduto a comercialização de suas vísceras para a produção de ração. Sua pele não é aproveitada e, ao ser descartada, ocasiona poluição biológica. O processo de curtimento do bio-leather é feito com corantes naturais, evitando o uso de sais de cromo componente extremamente tóxico e poluente. 

Juta - Essas peças foram desenvolvidas com Juta da Amazônia, uma matéria prima plantada nas calhas do Rio, contribuindo para a preservação ambiental, além de evitar queimadas e desmatamento no local do seu cultivo. Não utiliza agrotóxicos, herbicidas ou fungicidas. 

E-leather - O curtimento deste couro é feito sem cromo e sem recorrer a substâncias tóxicas. Uma parte dos resíduos é tratada para ser reaproveitada no condicionamento do solo para plantações ou outras aplicações. Desenvolvemos este artigo em um curtume certificado pelo LWG (Leather Working Group), concedido à empresas com boas práticas produtivas e ambientais, além de ser creditado pelo Instituto-E como um e-fabric. 

Solados Reciclados - Os solados são reciclados porque utilizam aparas de borrachas e/ou resíduos de palha de arroz e cortiça. O uso desses materiais nos solados incentiva o reaproveitamento e o descate correto, preservando o meio ambiente e promovendo fonte de renda para os trabalhadores envolvidos no processo. 

PET - Proveniente do processo de reciclagem de embalagens Pet. O Brasil descarta 6 bilhões de garrafas Pet por ano, material que leva 300 anos para se decompor na natureza. Por isso a reciclagem é um importante fator na diminuição do aquecimento global, evita o descarte indiscriminado, colaborando com a limpeza do planeta. Gera empregos, resgata a dignidade e oferece melhoria na qualidade de vida das pessoas. 

E-cotton - O e-cotton é um algodão produzido em fazendas brasileiras certificadas e auditadas por órgãos nacionais e internacionais, a fim de que se cumpra a adoção de práticas de manejo sustentável evitando a contaminação hídrica do solo, promovendo a preservação das nascentes e fontes de água potável. Além de garantir a proibição do trabalho infantil e de condições análogas à escravidão e a inclusão de trabalhadores com condições físicas especiais. Esta iniciativa faz parte do conceito ASAP – As Sustainable As Possible, As Soon As Possible, gera renda e promove condições de trabalho justas para mais de 400 agricultores e suas famílias em sete estados brasileiros. 

Algodão Reciclado - Proveniente da sobra de resíduos têxteis, retalhos que seriam descartados pela indústria. Os resíduos são separados por cor e desfibrados para fazer novos fios. Esse processo evita o descarte indiscriminado, também o uso de corantes, já que se aproveita de fibras já tingidas anteriormente, e economiza água, diminuindo os impactos ambientais. 

Algodão Orgânico - Livre de agrotóxicos, esse algodão evita a contaminação dos lençóis freáticos e protege a saúde dos agricultores. Estimula cooperativas de pequenos produtores a desenvolverem uma relação mais justa e equilibrada com o mercado. Ele é antialérgico e o seu uso não agride o meio ambiente com insumos químicos e pesticidas. Além do seu toque super macio, também facilita a evaporação do suor do corpo. 

Cânhamo - A fibra do cânhamo é usada em diversas industrias, e em seu cultivo não é utilizado agrotóxico, devido a resistência da planta, o que garante uma vida mais saudável aos seus agricultores e lençóis freáticos limpos. Além disso o cânhamo é uma fibra longa e durável, fazendo com que as características da peça se mantenham por mais tempo. 

Natural Cotton Color - Tipo de algodão que já nasce naturalmente colorido, dispensando o processo de tingimento e reduzindo o consumo de água e produtos químicos em sua produção. O uso dessa matéria-prima incentiva a pesquisa de melhoramento genético que deu origem às plantas de algodão colorido no Brasil. 

Lycra Biodegradável - Peças produzidas a partir de fio de poliamida biodegradável, matéria prima que se transforma totalmente no meio ambiente em até três anos, ao contrário da convencional, que pode levar décadas para ser absorvida pelo meio-ambiente. Além disso, a poliamida utilizada possui o certificado Oeko-Tex@Classe I, que atesta a isenção de produtos tóxicos em sua produção. 

Malha Eco Blend - Essa malha é um desenvolvimento exclusivo Osklen, feita a partir de uma combinação de fibras, como o E-cotton, Algodão reciclado, PET, Cânhamo e Linho. Com visual rústico, ótimo toque e caimento essa malha além das fibras sustentáveis está sendo usada em suas cores naturais, o que reduz o gasto de água, corantes e outros produtos químicos, minimizando os impactos ambientais. Pioneiros em sustentabilidade a cada coleção desenvolvemos novos produtos, que reforçam nossa originalidade e nosso compromisso ASAP. 

Jeans Eco Wash - Ecologicamente sustentável, este jeans economiza grande volume de água em seu processo de fabricação. Requer menos processos de lavagem, e consequentemente, também reduz o consumo de energia. 

E-colors - O processo de tingimento natural (Natural Dye) sustentável é feito a partir de materiais como cúrcuma, urucum e clorofila. A extração do pigmento desses corantes naturais resulta em cores únicas, nossas e-colors. Diferenças de tonalidade nas peças são previstas e fazem parte da especificidade desse tipo de beneficiamento. O consumo de água nesse processo é de 4 a 6 vezes menor que o convencional, além disso menos corantes químicos são consumidos, reduzindo seu impacto ambiental. 

Organic Mint Wash - Processo de lavanderia totalmente sustentável, com um dos amaciantes mais nobres e indicado para todos os tipos de fibras, conferindo volume, maciez e caimento. Formulado a base do óleo essencial da Menta orgânica, cultivada em pequenas hortas orgânicas, que fazem parte de um projeto de responsabilidade social, além de reduzir os impactos ambientais. O objetivo do projeto é promover a recuperação e ressocialização de dependentes químicos através do incentivo a desenvolver habilidades para o trabalho em equipe e convivência através do aprendizado e aplicação de técnicas de plantio, manutenção, colheita e a importância do manuseio correto e produção dos seus próprios alimentos. 

Watercolor - Essa técnica de tingimento visa o uso sustentável dos recursos naturais, reduzindo o consumo de água no processo, até 80%. É um tipo de tingimento de superfície, onde a cor não adere totalmente à fibra e confere às peças um visual de costuras marcadas e mais claras, além de um efeito degrade no avesso. 

Tecnologia Polygiene - Inibe o crescimento de bactérias que causam o odor, permitindo assim usar mais vezes e lavar menos e em temperaturas mais baixas, reduzindo assim o consumo de água, sabão e energia. Além da redução de impacto ambiental, o Polygiene também garante uma maior vida útil às roupas - com menos lavagens, as fibras do tecido duram por mais tempo, e ainda podem ser recicladas quando forem descartadas. Aprovada pelo bluesign®, a tecnologia cumpre os exigentes requisitos de certificação ambiental da indústria têxtil que levam em consideração todo o ciclo de vida do produto. 

Artesol - Rede que reúne há mais de 20 anos uma centena de grupos de artesãos de diferentes habilidades, espalhados por diversas regiões do Brasil. Sua missão é facilitar a inclusão produtiva através da geração de renda. Nesta coleção, Osklen, IE e Artesol fizeram duas parcerias: 

Copartt: cooperativa que congrega cerca de 300 mulheres artesãs no Sauípe, litoral da Bahia. Para a coleção Janeiro, elas desenvolveram colares, bolsas e chapéus, valendo-se dos saberes tradicionais e de materiais locais e sustentáveis. As artesãs trabalham com o trançado tupinambá, feito com palha de piaçava e cuja técnica foi passada de geração para geração, desde a época em que esta região era habitada pelo povo indígena. 

Juao da Fibra: localizado em Goiás, a cooperativa usa como matéria-prima o capim colonião e a fibra de buriti, colhidas manualmente, através de técnicas de manejo sustentável, com respeito à sazonalidade das espécies e ao reflorestamento da vegetação. 

Ambos os projetos representam um resgate de um saber ancestral, enriquecido por um design contemporâneo. 

Bordando o Futuro: Parceiro da Osklen há mais de 4 anos, esse grupo de mulheres de Itaperuna (RJ) confeccionou, para a coleção SS20, as bolsas em macramê. Essas mulheres – com faixa-etária de 32 a 91 anos - encontraram no bordado não só uma fonte de renda, mas uma estratégia para o resgate da cidadania, da arte e da cultura local.

Foto/crédito: Helm Silva

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário