sexta-feira, 7 de fevereiro de 2020

AFROPOP: GOLÕNKA SE PREPARA PARA LANÇAR ÁLBUM AUTORAL


A banda GOLÔNKA se prepara para lançar o segundo álbum da carreira. Trata-se do álbum Receba, que será lançado no primeiro semestre de 2020, primeiro autoral da carreira.

O grupo que se autodenomina como afropop, foi criado em 2016, na capital paulistana, é formado por Pedro Keiner (violão e voz), Wagner Barbosa (guitarra mutante e voz) e Thiago Gomes (bateria).

No repertório do álbum canções como Se Você Sentir Saudade, um samba-canção sofrido composto em parceria por Pedro Keiner e Wagner Barbosa no estilo dos sambas clássicos e doloridos de Nelson Cavaquinho, Cartola e Monsueto Menezes, e Receba, que dá nome ao projeto e se trata de um groove que é um Pagode Baiano somado a uma sonoridade eletrônica (inspirada em Baiana System e AfroCidade), intervenção feita em colaboração com o produtor Lucas Victorino, e Rock and Roll (inspirada no Rage of the Machine) que é uma influência sempre tão nítida nas escolhas especialmente das guitarras.

O álbum, que estreia no primeiro trimestre de 2020, traz contribuições de nomes como Josyara, Tó Brandileone, Verônica Ferriani, Marina Melo, Vinícius Sampaio, Dandara Modesto, Paulo Monarco, Demétrius Lulo e Bruno Batista.

“O público pode esperar um álbum bem pulsante, visceral, sensual e dançante. Queremos colocar as pessoas para dançarem e transpirarem”, afirma Pedro Keiner violonista e vocalista.

Mais Sobre a Banda Golonka:

O grupo estreou com a expressiva releitura do enigmático disco Transa, de Caetano Veloso. Lançado em 1972, logo depois da volta do compositor de seu exílio em Londres, o álbum foi eleito pela revista Rolling Stone como um dos 10 maiores discos da música brasileira.

Malemolência em tempos de dureza. A banda GOLONKA lança o DVD Re-Transa, releitura dançante e visceral de Transa, álbum antológico lançado por Caetano Veloso no auge da ditadura militar. Movimento em tempos de rigidez, grito em tempos de silêncio. A GOLONKA é um trio de Rock n’ Roll que swinga no samba-reggae que sobe as ladeiras de Salvador no meio da garoa de São Paulo. Calor em tempos de distanciamento. O som é pesado e vai direto no movimento de todo mundo que sua, que remexe e que goza na pista.

A banda GOLŌNKA existe desde 2016 em São Paulo, botando as pistas de dança pra tremer por onde passa com a sua mistura de ritmos contagiantes do carnaval baiano e a pegada incendiária do Rock n' Roll. Formada por Pedro Keiner (violão e voz), o Wagner Barbosa (guitarra/baixo, voz e efeitos) e Thiago Gomes (bateria), o trio faz energia bruta por energia bruta com sua música: todo mundo canta, todo mundo dança. Já são mais de 80 apresentações pelo país em cidades como São Paulo, Salvador, Florianópolis, Curitiba, Campinas e São José dos Campos.

Em 2020 a GOLŌNKA apresenta o seu primeiro trabalho autoral: RECEBA. O álbum de sete faixas é a concentração de tudo o que o trio trabalhou em seu tempo na estrada: o balanço, a vibração, a sensualidade e a energia que tomam conta do corpo e da cabeça de quem escuta e assiste a banda. É o transe de pulsar junto, de entender que estamos aqui, agora, vivos e que esse momento vale a pena mesmo quando machuca. "Receba" é esse momento de iluminação e pulsação. Tesão. Do encontro sem meias palavras. Do beijo na boca. Do arrepio.

Link videoclipe “Se Você Sentir Saudade”:
https://youtu.be/wHFuMb51bKE

Link Spotify Canção “Caixa Preta”:
https://open.spotify.com/album/6XPh8hqynbWeNidEBk5SSm

Link Spotify Canção “Receba”:
https://open.spotify.com/album/0oZh6DV7VqSTGpiWxEmlXq?highlight=spotify:track:21V2ovAALXguVikl0vysI5

Links Oficiais:

https://facebook.com/bandagolonka

https://instagram.com/bandagolonka

https://youtube.com/bandagolonka

www.bandagolonka.com

Foto/crédito: Laryssa Fraga - Legenda: Thiago Gomes, Pedro Keinner e Wagner Barbosa.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário