quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

EMPRESA ANUNCIA BOLSAS INÉDITAS DE R$ 40 MIL PARA FOTÓGRAFOS QUE RETRATEM A SITUAÇÃO CLIMÁTICA ATUA


Getty Images, líder mundial em comunicação visual, em parceria com a Climate Visuals, o único programa mundial de fotografias sobre mudanças climáticas que se apoia em evidências,  lançou o Getty Images Climate Visuals Grants, aberto a fotojornalistas de todo o mundo que estão trabalhando para promover as narrativas visuais que definem a crise climática global atual.
Juntas, Getty Images e Climate Visuals visam apoiar a criação de novas histórias com imagens impactantes e emocionalmente poderosas que exploram essa crise complexa - suas causas, efeitos e soluções. Essas bolsas permitirão a produção de histórias que possuam a integridade e o imediatismo necessários para aumentar a conscientização e inspirar ações vitais neste momento atual. À medida que a cobertura da mídia sobre a crise climática global se intensifica, Getty Images e Climate Visuals entendem a necessidade de atender e manter essa atenção crescente com um fotojornalismo diferenciado que avança e localiza a compreensão coletiva do mundo sobre o que está em jogo. As imagens têm o poder de documentar eventos, comunicar ideias, desencadear emoções, iniciar conversas, revelar verdades e inspirar mudanças reais. Os fotógrafos profissionais precisam aproveitar todas essas qualidades, enfrentar o desafio das mudanças climáticas globais e garantir que as imagens capturadas não sejam apenas documentadas, mas também inspirem conversas e promovam mudanças reais.
Duas bolsas de $10,000 (cerca de R$ 40 mil), totalizando $20,000 (cerca de R$ 80 mil), serão concedidas a dois fotojornalistas cujo trabalho se concentra nos impactos locais e soluções para as mudanças climáticas, e não apenas as causas, que historicamente estão bem representadas na cobertura jornalística tradicional. O trabalho do fotógrafo também deve demonstrar elementos dos sete Princípios do Climate Visuals para comunicação sobre mudanças climáticas. Publicado por Climate Visuals e com base em pesquisas sociais sobre a eficácia das imagens das mudanças climáticas, as orientações incluem: mostrar pessoas reais; contar novas histórias; mostrar as causas das mudanças climáticas em larga escala; apresentar impactos emocionalmente poderosos; entender o público; mostrar impactos locais; demonstrar cautela e cuidado com imagens de protesto.
"A missão da Getty Images é mover o mundo com imagens", explicou Ken Mainardis, Vice-presidente sênior, chefe de conteúdo da Getty Images. “O fotojornalismo tem a capacidade de não apenas educar o espectador, mas também fornecer uma compreensão mais profunda de como a crise climática está afetando pessoas reais em todo o mundo de maneira visceral. O fotojornalismo mais poderoso é o que conta uma história e toca o coração das pessoas.”
Mainardis continua: “Estamos entusiasmados por expandir ainda mais nosso programa de bolsas - ainda mais com uma organização honrada e comprometida como a Climate Visuals, que já fez tanto trabalho para mudar estrategicamente as práticas de trabalho de comunicadores visuais influentes em todo o mundo e catalisar uma nova - mais atraente e diversificada - linguagem visual sobre as mudanças climáticas.”
“O projeto Climate Visuals foi criado a partir do Climate Outreach, reconhecendo uma necessidade urgente de imagens climáticas que vão além da ilustração e da fotografia, com um impacto verdadeiro e mensurável para o público.”, apontou Toby Smith, líder do programa Climate Visuals. “A base do nosso trabalho é uma evidência revisada por pares que prova que as imagens mais emblemáticas das mudanças climáticas, como ursos polares e fábricas, agora estão se tornando ultrapassadas. Focando em nossos sete Princípios Visuais Climáticos, oferecemos orientação sobre a produção de narrativas novas, interessantes e eficazes. Essa parceria de concessões generosa, oportuna e bem-vinda com a Getty Images é uma oportunidade incrível para dois fotógrafos produzirem ou finalizarem projetos de acordo com um padrão global, com foco em seu público-alvo, questões climáticas locais e soluções - uma oportunidade de fazer uma diferença real”.
As submissões serão julgadas por um painel com profissionais líderes no setor, incluindo:
• Jay Davies, diretor de fotografia, Getty Images
• Julie Doyle, professora de comunicação climática da Universidade de Brighton
• Kate Manzo, professora sênior de Mudanças Climáticas e Desenvolvimento da Universidade de Newcastle
• Fiona Shields, Editora de imagens, The Guardian
• Toby Smith, líder do programa de recursos visuais climáticos na divulgação do clima e fotógrafo Ambiental

O Climate Visuals Grants da Getty Images faz parte do programa de bolsas mais amplo da Getty Images, que desde o início doou mais de US $1,6 milhão (cerca de R$ 6,5 milhões) a fotógrafos e videógrafos de todo o mundo.
As inscrições podem ser feitar até sexta-feira 28 de fevereiro, às 23h59. Os participantes podem se inscrever on-line em https://wherewestand.gettyimages.com/grants/.
Sobre a Getty Images:
Getty Images é uma das fontes de conteúdo visual mais confiáveis e estimadas do mundo, com mais de 350 milhões de ativos, incluindo fotosvídeos e música, disponíveis nos sites líderes do setor, http://www.gettyimages.com/http://www.istock.com/. O site da Getty Images atende clientes criativos, de negócios e de mídia em quase todos os países do mundo e é o primeiro lugar que as pessoas descobrem, compram e compartilham conteúdo visual poderoso dos melhores fotógrafos e videógrafos do mundo. A Getty Images trabalha com mais de 300.000 colaboradores e centenas de parceiros de imagem para fornecer uma cobertura.
Foto/crédito: Mario Tama/Getty Images

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário