quarta-feira, 4 de março de 2020

MANIFESTOS PARA ADIAR O FIM DO MUNDO - MOSTRA DE 05 A 08/03 - ESPAÇO ITAÚ DE CINEMA - FREI CANECA


Muito se fala sobre o Antropoceno, período ecológico chamado de Era da Humanidade. A ação humana está provocando intensas mudanças e alterando drasticamente o funcionamento do fluxo natural do planeta, causando impactos em cascata a ponto de se tornarem irreversíveis. Os cientistas alertam que o fim desta era irá provocar a 6a extinção em massa das espécies. Neste caso, nossa própria espécie, o homo sapiens seria atingido em cheio.

Cada um dos diretores dos filmes que participam desta Mostra, cada qual à sua maneira, escreveu seu próprio Manifesto, seja abordando a questão da ocupação desordenada da terra pelo homem desperdiçando os recursos naturais, patrimônio de toda a Humanidade; seja a questão do direito ancestral à terra, o respeito pelos direitos humanos e pela diversidade cultural da humanidade; seja a denúncia sobre o cruel processo de genocídio de um grupo indígena no Brasil.

O objetivo desta Mostra de filmes é conscientizar as pessoas de que precisamos nos reinventar como espécie compartilhando do mesmo propósito, o de viver em harmonia com a natureza.

Nesta primeira edição, Regina Jehá conversa com seus convidados após a exibição de cada filme, que acontecerá no Espaço Itaú de Cinema - Frei Caneca, sempre às 19h30.

Frans Krajcberg Manifesto reestreia na semana seguinte à Mostra, dia 12 de março, no Espaço Itaú de Cinema - Frei Caneca.

Programação

Espaço Itaú de Cinema - Frei Caneca

Ruivaldo, o homem que salvou a terra

Dir. Jorge Bodanzky e João Farkas

Documentário (Brasil 2019) – Livre – 46 min.

Sinopse: Fazendeiro no Pantanal do Mato Grosso, Ruivaldo Nery de Andrade ganhou destaque como um soldado na linha de frente da batalha pela proteção do meio ambiente. Acompanhando o dia a dia de esforços para sobreviver de Ruivaldo, o documentário aborda as consequências do assoreamento do Rio Taquari.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=WFZQjkfa3QQ

Dia 06/03 - 5a feira – 19h30

Sessão seguida de debate com os diretores Jorge Bodanzky, João Farkas e Regina Jehá.

500 almas

Dir. Joel Pizzini

Documentário (Brasil 2005) – Livre – 109min

Sinopse: O delicado processo de reconstrução da memória e da identidade dos índios Guatós- através de depoimentos dos próprios membros da comunidade e de reconstituições de crimes realizados por homens brancos contra eles -, uma tribo indígena da região do Pantanal mato-grossense que foi descoberta muitos e muitos anos após ter sido considerada extinta e que atualmente se encontra disperso pela área.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=qEPuU8CVqSk

Dia 7 de março - 6a feira – 19h30

Sessão seguida de debate com o diretor Joel Pizzini e Regina Jehá.

Martírio

Dir.: Vincent Carelli, Ernesto de Carvalho e Tatiana Almeida

Documentário (Brasil 2016) – 12 anos – 160 min.

Sinopse: Uma análise da violência sofrida pelo grupo Guarani Kaiowá, uma das maiores populações indígenas do Brasil nos dias de hoje e que habita as terras do centro-oeste brasileiro, entrando constantemente em conflito com as forças de repressão e opressão organizadas pelos latifundiários, pecuaristas e fazendeiros locais, que desejam exterminar os índios e tomar as terras para si.

Trailer: https://www.youtube.com/watch?v=5zVzRAiDR78

Dia 8 de março - Sábado – 19h30

Sessão seguida de debate com a diretora Regina Jehá e convidadas

Frans Krajcberg Manifesto

Dir. Regina Jehá

Documentário (Brasil 2019) – Livre – 96min

Trailler: https://www.youtube.com/watch?v=n7zYmahI_Es

Sinopse: Frans Krajcberg se prepara para expor suas obras e receber a grande homenagem da 32. Bienal de Arte de São Paulo, enquanto desvela suas memórias e reflexões. Recentemente falecido, a vida do artista foi uma luta implacável contra a loucura destrutiva do Homem, desde o fogo da 2a Guerra Mundial às queimadas na Região Amazônica. O destino de um homem extraordinário inserido na história do seu tempo, comprometido com sua arte e profundamente vivo para sempre.

Dia 9 de março Domingo – 19h30

Sessão seguida de debate com a diretora Regina Jehá e uma liderança indígena

De 12 a 25/03 – 19h30

Serviço:

Manifestos para adiar o fim do mundo

Espaço Itaú de Cinema - Frei Caneca

Shopping Frei Caneca

R. Frei Caneca, 569 - Consolação, São Paulo - SP, 01307-001

Telefone: (11) 34722359

Site: http://www.itaucinemas.com.br

Valor do Ingresso para a Mostra

20,00 (Inteira) e 10,00 (Meia)

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário