quarta-feira, 1 de julho de 2020

DICAS PARA UM TUTORIAL DE REUNIÃO REMOTO – RR *POR ALEXANDRE GUEDES


O planejamento deste novo tipo de evento, que se tornou usual durante a Pandemia do #COVID19, e que passará a compor o cardápio do “Novo Normal” no nosso cotidiano, requer um protocolo mínimo para a sua exitosa e operosa realização.  

Alerto que o planejamento de uma reunião ou evento remoto, deve começar pela cuidadosa escolha do aplicativo que vai ser usado por parte do(a) anfitrião(ã).

Esta escolha deve ser feita, priorizando a segurança, de que não haverá roubo de dados dos seus participantes durante e depois da sua realização.

O aplicativo ou plataforma escolhido deve ser de fácil manuseio e preferencialmente, desenvolvido como um Software Livre, e que cujo protocolo não seja exigido que os (as) convidados e convidadas, façam a sua instalação no seu aparelho de celular ou no computador – (pois em geral estes, partir da instalação, se tornam um robô espião, e captador permanente dos dados do usurário. 

O aplicativo a ser escolhido deve também possibilitar: gratuidade, fácil manuseio, uso da sessão por tempo ilimitado, participação de grande número de pessoas, gravação da reunião-evento e/ou   transmissão para outras plataformas.

Tal cuidado por parte do O(a)anfitrião(ã) se justifica porque este terá que ter o aplicativo-plataforma instalada para originar os links. E se tornou fundamental  evitar  o roubo de dados dos participantes da reunião-evento, principalmente pelos precedentes históricos já existentes,  do roubo de dados de milhões  de contas conhecido como o Escândalo de dados do Facebook–Cambridge Analytica (https://pt.wikipedia.org/wiki/Esc%C3%A2ndalo_de_dados_Facebook%E2%80%93Cambridge_Analytica), que possibilitou o uso manipulatório, indutor  e ilegal  dos dados das pessoas enquanto  eleitores e consumidores,  o que fez com  que, mesmo contra os amplos interesses da maioria da coletividade,  houvesse a  vitória eleitoral nas campanhas   de Trump e Bolsonaro entre outras realizadas na África, Eurásia e Oceania; bem como a saída da Inglaterra da Comunidade Européia na campanha do Brexit;  só para citar as mais divulgadas pela mídia e pelo filme “Privacidade Hackeada” – (https://www.netflix.com/br/title/80117542 ).
Correspondendo a essa diretiva, recomendamos preferencialmente o uso do aplicativo Jitsi meet que até aqui vem preenchendo todos esses requisitos.    (https://jitsi.br.uptodown.com/windows/download)  

Sugerimos a quem quer realizar uma operativa e exitosa Reunião Remoto (RR), adaptar as dicas deste Tutorial ao tipo específico de sua reunião, e quando for enviar o link com o convite de entrada na sala, deletar o texto que lá se encontra e copiar e colar o seu texto tomando como paradigma o que apresento a seguir:

“Olá Seja bem-vindo(a)! Por favor, solicitamos que ao entrar na sala desligue imediatamente os microfones, para evitar que o som do seu ambiente não seja transferido p/ a sala de reunião.

Informamos que a reunião seguirá o seguinte roteiro:

1. O(a)anfitrião(ã) fará o acolhimento aos(as) participantes lhes dando boas vindas.

2.Após 10 minutos de tolerância da hora marcada, será iniciada a reunião com o início da 1ª Rodada, com as apresentações de todos e todas por ordem alfabética em 1 minuto. (Devendo o(a) participante ligar o microfone e após a sua apresentação desligá-lo).

3. Em seguida o(a)anfitrião(ã) solicitará que todas e todos desliguem os microfones e câmera - (Para garantir a equalização e rapidez da transmissão da sala, porque entre as pessoas presentes haverá uso de diferentes capacidades e velocidades de transmissão na internet).

4. O(a)anfitrião(ã) fará a apresentação da Pauta em 1 (um) Minuto e controlará o tempo de fala de cada participante.

5. O(a)anfitrião(ã) apresentará a Relatoria dos trabalhos p/ elaborar a lista de inscritos e a Memória da Reunião.

6. O(a)anfitrião(ã) apresentará a regra que para cada ponto de pauta o inscrito para falar, poderá dispor do tempo de 2+1 minuto. (2 (dois) minutos para o desenvolvimento e 1 (um) minuto para a conclusão do pensamento. Quando a fala chegar aos 2 min. o(a)anfitrião(ã) avisará ou dará um sinal ao inscrito que esta tem apenas 1 Minuto para concluir o raciocínio.)

7.Após vencidos os debates das pautas O(a)anfitrião(ã) dará a palavra para a Relatoria que fará a apresentação das propostas havidas na reunião.

8. O(a)anfitrião(ã) retoma a palavra e pergunta se há aditivos às propostas apresentadas ou inclusão de novas propostas, que devem ser preferencialmente apresentadas no chat.

9. O(a)anfitrião(ã) porá em votação as propostas apresentadas e consensuadas, “solicitando que quem concorda permaneça como está “sendo estas transformadas em decisões e encaminhamentos.

10. O(a)anfitrião(ã) fará indicativo de data para próxima reunião. (Se for um grupo permanente, é bom que seja preparado antes, para ser apresentado e aprovado na reunião, um calendário trimestral ou semestral das próximas reuniões.)

11. Na finalização dos trabalhos, o(a)anfitrião(ã) por ordem alfabética, concede a fala p/ cada presente para suas considerações finais e despedidas, com tempo de 1(um) minuto.

12. O(a)anfitrião(ã) encerrará a reunião com uma atividade cultural. (com um vídeo, música, ou uma frase, pensamento, provérbio, poema –(curto).

13. Final: O(a)anfitrião(ã) pedirá aos presentes que abram os seus microfones e câmeras para a fotografia do evento e o inté!. 

Fonte Artigo:  ALEXANDRE GUEDES ADVOGADO - OAB/PB 5546

Contato:

Endereço: Av. Padre Meira 35 - 13º andar, sala 06; - João Pessoa, Paraíba, Brasil. -  CEP 58.000-00 
E-mail:  alexandreguedesadvocacia@gmail.com  

Fones (083) 99607.1952(TIM) /98734.5597(0I) / 99300.0672(CLARO)/ 3576.9755 (Home office) (83) 3506.4583 Escritório.

Rede Social:

FACEBOOK: alexandreguedes11@gmail.com -  Email    alexandreguedesadvocacia@gmail.com - SKYPE: jafeguedes / MSN: jafeguedes@hotmail.com / Blogspace: http://jafeguedes.wordpress.com/  Twitter:  @alexandredhpb / Site ww.etome.com.br 

Foto/crédito: Formatto Victor Hugo

Nenhum comentário:

Postar um comentário