terça-feira, 9 de março de 2021

FESTIVAL CURTA CINEMA COMEMORA 30 ANOS E TRAZ LABORATÓRIOS, OFICINAS, PALESTRAS E MASTERCLASSES PARA A PROGRAMAÇÃO

 

O Festival Internacional de Curtas-Metragens do Rio de Janeiro, o Curta Cinema, completa 30 anos em uma edição especial realizada totalmente online do dia 17 ao 24 de março. Além da exibição de 108 curtas metragens espalhados pelas mostras Panorama Carioca, Panorama Latino-americano, Panorama 30 Anos - Miragem, Mostra Origens e Mostra Premiados de 2020, o evento traz para esta edição laboratórios de ideias, oficinas práticas e teóricas, palestras e masterclasses. Todas as atividades serão pela plataforma Zoom e as inscrições, que já estão abertas, podem ser feitas através do site https://curtacinema.com.br/paralelas/.

 

Laboratório de Ideias

 

O Laboratório de Ideias é o espaço de discussão e criação para o desenvolvimento de ideias originais para curtas-metragens que ainda não têm um roteiro finalizado. O objetivo principal do encontro é apresentar diferentes possibilidades de concepção e abordagem dos argumentos originais propostos e colaborar com a estruturação dos roteiros. Paulo Lins e Sylvia Palma são os roteiristas convidados para conduzir o debate e analisar as dez propostas selecionadas. Os laboratórios acontecem nos dias 18 e 19 de março, às 17h. 

 

Oficina Prática de Desenvolvimento de Projetos de Documentários em Curta-Metragem

 

A oficina prática vai analisar seis projetos que ainda estão em fase inicial. A convidada para a discussão será a diretora Beth Formaggini, e serão abordadas questões como a motivação para a realização do filme, a proposta de linguagem audiovisual e como encontrar fontes de pesquisa, personagens e locações. As inscrições são feitas através do envio de uma sinopse de três linhas da proposta do documentário em curta-metragem. Será realizada no dia 18 de março, às 18h.

 

Oficina Teórica Decibéis: As Fronteiras Entre os Curta-Metragens e os Videoclipes


Na oficina teórica, o jornalista e curador Duda Leite propõe uma reflexão sobre os dois formatos: videoclipe e curta-metragem. Influências dos curtas experimentais de Kenneth Anger, sobre cineastas como Martin Scorsese, John Waters, Pedro Almodóvar e Quentin Tarantino, os trabalhos nacionais premiados e as novas possibilidades criativas também estão entre as pautas que serão discutidas. A dinâmica envolve 1h30 minutos de exposição seguida de participações pelo chat. A Oficina será realizada no dia 19 de março, sexta-feira, às 18h.

 

Oficina Cinema Africano Contemporâneo

 

A oficina teórica vai tratar do cinema da chamada África negra. Com um olhar próprio sobre sua história e tradições, os realizadores africanos contribuíram para a construção de uma imagem de cultura e de povo que aponta para diferentes possibilidades de interação com o mundo moderno. Tendo como ponto de partida a obra de Ousmane Sembène, considerado o pai do cinema negro africano, o cineasta Joel Zito Araújo apresentará um painel sobre a especificidade deste cinema, suas narrativas e estéticas. A oficina vai acontecer em duas partes, cada uma composta por uma exposição seguida pela participação do público pelo chat e acontecerá dia 24 de março, às 17h. 

 

Palestras Aula

 

O festival contará, pela primeira vez, com duas palestras aula, uma sobre roteiro e outra sobre produção. O objetivo é apresentar perspectivas das mais diversas possíveis, que proporcionem reflexões e contribuam para o desenvolvimento de competências. Cavi Borges dará a palestra sobre produção no dia 20 de março, às 18h e Paulo Halm é o convidado para a aula de roteiro no dia 23 de março, às 18h. 

 

Masterclasses

 

Duas masterclasses estão programadas para esta edição comemorativa do festival, com duas referências do cinema nacional. Luiz Carlos Lacerda abre o festival no dia 17 de março, às 17h e Maria Augusta Ramos compartilha suas experiências no dia 22, também às 17h. As aulas são oportunidades para novos realizadores, estudantes de cinema e público em geral conhecerem a trajetória, as práticas de trabalho e as perspectivas dos diretores. 

 

Sobre o Festival Curta Cinema

 

O Festival Curta Cinema é dedicado à difusão e promoção de obras audiovisuais em formato curta metragem. Exibe títulos com até trinta minutos de duração e se dedica exclusivamente ao formato. É um festival qualificador para importantes prêmios da indústria audiovisual, como o Oscars, o BAFTA, os prêmios Goya e o Grande Prêmio do Cinema Brasileiro. A programação regular consiste em duas mostras competitivas (nacional/internacional) e dois panoramas de divulgação da produção local (carioca e latino-americano). Complementando a programação o festival tradicionalmente exibe mostras especiais temáticas, buscando abranger ampla multiplicidade de perspectivas artísticas. O Festival Curta Cinema também promove atividades de caráter formativo como debates, workshops, oficinas e encontros.

 

Este projeto está sendo financiado pelos recursos disponibilizados pela Lei Aldir Blanc, geridos pelo Governo Federal, Governo do Estado do Rio de Janeiro, Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado do Rio, Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro, Secretaria Municipal de Cultura.


Fonte: Assessoria de Imprensa


Nenhum comentário:

Postar um comentário