quinta-feira, 21 de outubro de 2021

ONG PAC - PROJETO AMIGO DAS CRIANÇAS (PAC) CRIA O BALÉ AYO PARA BAILARINAS NEGRAS

 

A ONG Projetos Amigos das Crianças (PAC) - que oferece ações socioeducativas, culturais e profissionais regulares a crianças que vivem em situação de extrema vulnerabilidade social, nos bairros de Pirituba, Jaraguá e São Domingos, no subúrbio da zona noroeste de São Paulo - criou o grupo Ayo (palavra de origem nigeriana que significa Alegria), um corpo de balé composto por 28 meninas negras que, além de estimular a representatividade na dança, tem encantado o público em suas apresentações virtuais.

A composição do grupo não se deu por conta do viés racial ou elitista que envolve o balé, mas pelo fato de a região onde a ONG atua ser formada em grande parte por população preta e parda (de 31% a 47%, segundo dados do IBGE), segundo a diretora do Projeto Amigos da Criança (PAC), Rosane Chene.

O balé é uma oportunidade de transformar vidas e um meio para promover a representatividade negra. Não à toa, é uma das danças mais praticadas nas ONGs do país e a que mais exporta talentos para o mundo da dança clássica.

O PAC também oferece aulas de balé para meninas com idade entre 6 e 15 anos e conta com cerca de 150 participantes no total. O projeto fornece todo o material, e ainda busca oferecer sapatilhas de ponta para peles negras.

"Além da música e da dança, o balé agrega cultura, disciplina, espírito de equipe e busca incessante por inclusão. É uma ferramenta socioeducativa muito poderosa e que tem trazido resultados muito positivos", declara Rosane Chene.

Sobre o PAC - Projeto Amigos das Crianças

Fundada há 18 anos, o PAC - Projeto Amigos das Crianças é uma Organização Social sem fins lucrativos certificada pelo CEBAS - Certificação de Entidades Beneficentes de Assistência Social - que atende a população em situação de vulnerabilidade e/ou risco social nos distritos de Pirituba, São Domingos e Jaraguá (SP).

Por meio de 4 serviços, dois de proteção especial de alta complexidade (com atendimento a 30 crianças e adolescentes de 0 a 18 anos) e dois de serviço de assistência social básica (assistindo mais de 1200 famílias e seus membros), a missão da organização é promover transformação social e gerar oportunidades nas regiões onde atua, com a oferta de ações socioeducativas, culturais e profissionais.

Atualmente, o PAC conta com mais de 70 funcionários, cerca de 3.500 voluntários, 139 mantenedores via doação e sete empresas parceiras que subsidiam as oficinas promovidas pela organização, como Zendesk, Mutant, TOTVS, Serra do Mar, Aktie Now, Elo, Sow e Netas.

Para mais informações sobre o PAC, acesse: https://www.projetopac.org.br/

Foto/crédito: Rubens Cavallari - Legenda: Professora e alunas do Balé Áyo

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário