terça-feira, 21 de dezembro de 2021

A FÁBRICA ANUNCIA 22 PRODUÇÕES EM 2022 PARA CINEMA, TV E STREAMING

 

A Fábrica, produtora de audiovisual criada em 2016 que hoje é uma das maiores do Brasil, anuncia para o ano que vem 22 produções para cinema, TV e plataformas de streaming. Com um premiado timein house de roteiristas e produtores, A Fábrica está duplicando seu quadro de colaboradores e projeta para 2022 um aumento de 300% no seu faturamento em relação a 2021.

Entre os projetos confirmados estão 4 longas-metragens para estreia em cinema e 13 produções para plataformas de streaming, entre séries, longas de ficção e documentários, além das novas temporadas de séries de sucesso na TV Paga, como “Vai Que Cola”, do Multishow.

De acordo com os sócios da produtora, Luiz Noronha, Renato Fagundes, Cecilia Grosso, Samanta Moraes e Alberto Elias, a ampla reestruturação da equipe para fazer frente a esse volume inclui a chegada de dois novos roteiristas; três novas produtoras executivas e demais profissionais de produção; a criação de um departamento de elenco voltado para dramaturgia; e de um departamento internacional, para prospecção de parcerias e desenvolvimento de propriedades em inglês.    

CINEMA

Entre os longas-metragens que A Fábrica vai produzir no ano que vem estão  quatro comédias para estreia em salas de cinema: “Cansei de ser Nerd”, com Fernando Caruso sob direção de Gualter Pupo, é uma coprodução com a Hungry Man, a Paramount Pictures e o Telecine; a comédia romântica teen “Era uma Vez Minha Primeira Vez”, baseada no livro de Thalita Rebouças e dirigida por Cris D’Amato, é uma coprodução com a WarnerMedia, com quem A Fábrica também coproduz junto com a Gancho de Nuvem a comédia de ação “Verão da Lata”. Com direção de Santiago Dellaipe, o filme tem como pano de fundo a história das 22 toneladas de maconha em lata que foram parar nas praias brasileiras no verão de 1987. Além destes, a produtora vai rodar, em coprodução com a Downtown Filmes, a continuação do blockbuster “Minha Vida em Marte”, com direção de Susana Garcia e estrelado por Monica Martelli.

STREAMING

Fábrica tem no seu pipeline de produção projetos para as principais plataformas de streaming, entre longas de ficção, séries e documentários. Na Netflix, estreia no próximo dia 26 a comédia romântica “Lulli”, novo filme original estrelado por Larissa Manoela, com direção de César Rodrigues. Para a Amazon, a produtora vai rodar “No Gogó do Paulinho 2”, sequel do sucesso de 2020, com Maurício Manfrini dirigido por Roberto Santucci. Na Globoplay, A Fábrica, em parceria com Afroreggae Audiovisual, vai realizar as novas temporadas da série “A Divisão” e o longa-metragem C.O.R.E., ambos com direção-geral de Heitor Dahlia e criação de José Júnior. E, em parceria com a MOV, produtora audiovisual do Grupo UOL, A Fábricacriou um núcleo de desenvolvimento de projetos documentais e de ficção baseada em fatos reais. As primeiras produções desta joint venture devem estrear também a partir do ano que vem.

TV

Na TV Paga, A Fábrica produzirá “Quem Salva Quem” para o GNT, uma série documental sobre a adoção de pets, e “Viver para Explorar” para o Canal OFF, que vai acompanhar a jornada de dois jovens biólogos por mais de 10.000 km pelo Brasil revelando a vida de ícones da fauna brasileira. Em 2022, serão rodadas pela produtora a nova temporada da série  “Fuja Se For Capaz”, um reality show infantil feito em parceria como o Gloob, a décima temporada da já clássica sitcom “Vai Que Cola”, no Multishow, e a segunda temporada da série original “Galera FC” produzida em parceria com a WarnerMedia para o canal TNT. Na TV aberta, A Fábrica desenvolve e produz formatos em parceria com Luciano Huck para o Domingão, da Globo.

A Fábrica entrega a cada ano mais de 200 horas de produção original dos mais diversos gêneros e formatos, sempre com seu carimbo de qualidade, para clientes como Netflix, WarnerMedia, Amazon e Grupo Globo e seus diversos canais e plataformas. 

No dia 26 de dezembro, está lançando seu terceiro longa-metragem na Netflix (depois de “Modo Avião”, com Larissa Manoela, e “Pai em Dobro”, com Maisa): “Lulli”, estrelado por Larissa Manoela e com roteiro de Thalita Rebouças e Renato Fagundes. A produtora também acaba de rodar outros dois novos longas para a plataforma. 

Assista ao trailer oficial de “Lulli” AQUI 

A comédia romântica leva o nome da personagem principal, Lulli, uma estudante de medicina determinada, batalhadora e ambiciosa que sonha em se tornar a melhor cirurgiã do mundo. Para isso, ela não deixa nada nem ninguém atrapalhar seus objetivos, nem mesmo o recente ex-namorado. 

Mas o mundo de Lulli vira de cabeça para baixo quando ela leva um choque de um aparelho de ressonância magnética e começa a ouvir os pensamentos alheios. Sorte ou azar? Agora a jovem, que até então era incapaz de ouvir as pessoas ao seu redor, precisará aprender a lidar com as maravilhas e os perigos de saber o que os outros estão pensando.

O elenco conta ainda com Sérgio Malheiros, Amanda de Godoi, Vinícius Redd, Yara Charry, Nicolas Ahnert, Paula Possani, Gabriel Contente, Ana Mangueth e Carlos Artur Thiré, além das participações especiais de Guilherme Fontes, Luciana Braga, Marcos Breda e da própria Thalita Rebouças. A direção é de César Rodrigues, com produção de Luiz Noronha, Cecilia Grosso e Samanta Moraes, e produção executiva de Patrícia Zerbinato.

Fonte: Assessoria de Imprensa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário