domingo, 1 de março de 2015

PREMIADO MONÓLOGO “”BORDERLINE” FAZ ÚNICA APRESENTAÇÃO DIA 13 DE MARÇO NO TEATRO ARIANO SUASSUNA

O premiado monólogo “”Borderline” chega à capital paraibana para única apresentação no dia 13 de março, sexta-feira, às 21h, no Teatro Ariano Suassuna (anexo Colégio Marista Pio X).

Sucesso de público e crítica, com todas as temporadas lotadas, a peça é fruto de uma parceria do ator José Neto com o diretor e também dramaturgo Junior Dalberto.

Em cena o ator interpreta o personagem Rutras que aborda a loucura e a lucidez, a razão e o desejo, entre outras questões do mais íntimo humano. Esse jovem é inspirado no " transtorno de personalidade limítrofe" também chamado Borderline.

Relações familiares, com redes sociais e consequências da geração dos anos 90 também são abordadas no Monólogo “Borderline” ganhador de prêmios nos júris oficiais como: Melhor Ator no Troféu Cultura RN 2013 e Melhor Ator Revelação 2013 no Evento Profissionais do Ano do SATED/RN.

Os ingressos são limitados e já estão à venda na Loja Apogeé Sapatos em Manaíra e na Minds English School situada na Ruy Carneiro.

A realização do espetáculo é da S.E.M. Cia de Teatro (Sentimento. Estética e Movimento). A empresa DA Produções Artísticas de Deise Alencar assina a produção local que conta com o apoio cultural da Pousada Parahyba Hostel, Sonho Doce, Gráfica JB, Restaurante Divina Itália e imprensa paraibana.

SOBRE

ATOR JOSÉ NETO BARBOSA

Apesar da pouca idade, 23 anos, José Neto Barbosa está há 12 anos na estrada como ator, com experiências em teatro e no campo audiovisual. Com mais de 38 trabalhos no currículo, já faturou seis prêmios de Melhor Ator. No monólogo Borderline, o ator José Neto Barbosa foi premiado nos júris oficiais como: Melhor Ator no Troféu Cultura RN 2013 e Melhor Ator Revelação 2013 no prêmio Profissionais do Ano; promovido pelo Sindicato dos Artistas do RN – SATED.

PEÇA BORDERLINE

O monólogo fala das questões do íntimo humano. Relações familiares, com redes sociais e consequências da geração dos anos 90 também são abordadas. É inspirado artisticamente no não tão popular “transtorno de personalidade limítrofe”, conhecido como borderline. A peça visa espelhar e fazer refletir sobre posturas éticas e morais estabelecidas na atualidade, sua cosmopolitividade e inconsequência. Rutras conta fatos de sua vida, preso ao que chama de "concha" - um hospital psiquiátrico ou sua própria mente em devaneio. Rutras relata sem culpa sua estreita relação com a morte. Tem um olhar radical e metafórico sobre sua criação e referências enquanto vícios, vaidades, sexualidades, religião e até mesmo machismo. Desde pequeno é acompanhado por terapeutas e apresenta fixação em coisas e pessoas, mostra tendência ao sadismo. Descobre seu primeiro amor. O libido sexual é intenso, e isso o faz transferir o mundo cyber para o seu real. Quer ser o centro das atenções em todas as situações com automutilações físicas e psicológicas. Passa por desencontros e acontecimentos marcantes. Rutras é fruto de uma geração marcada por imposições individualistas e camisinhas rasgadas. Até que ponto a realidade é verdade ou não, o que é a lucidez e a loucura nos tempos atuais. Tudo é contado em momentos de surtos, sem omissão de detalhes.

S.E.M. CIA DE TEATRO (SENTIMENTO. ESTÉTICA E MOVIMENTO)

A peça é da S.E.M. Cia de Teatro (Sentimento. Estética e Movimento), já está com 19 apresentações desde que estreou em agosto de 2013 o seu primeiro trabalho. Sucesso de público e crítica, com todas as temporadas lotadas, a peça é fruto de uma parceria do ator José Neto com o diretor e também dramaturgo Junior Dalberto. O espetáculo ocupou o Teatro de Cultura Popular Chico Daniel em Natal e teve enfática participação no Festival de Teatro de Curitiba/Paraná, um dos maiores do Brasil (Mostra FRINGE 2014 no Teatro Toucher La Lune). Ainda em 2014, foi atração escolhida e primeira peça teatral na inauguração do Cine Teatro de Parnamirim/RN. Além de ser aprovada no edital Jornada Cultural (da MAPA Realizações e Opus Entretenimento) e passar pelo palco do grandioso Teatro Riachuelo. Em 2015 já tem pautas confirmadas novamente no Festival de Teatro de Curitiba/Paraná (Mostra FRINGE 2015 na pré-inauguração do Teatro Ittala Nandi), também passará no Teatro Dix-Huit Rosado em Mossoró/RN e futura temporada em Recife/PE. O Espetáculo Borderline foi indicado Melhor Espetáculo de Teatro no júri popular do Troféu Cultura RN 2013. Foi aprovada pelo Fundo de Incentivo a Cultura da Prefeitura Municipal de Natal pela segunda vez consecutiva (prêmios 2013 e 2014).

SOBRE O TEXTO E O AUTOR

O livro com o conto Borderline - O Cangaço e o Carcará Sanguinolento é do diretor do espetáculo e também dramaturgo Junior Dalberto. Foi lançado em 2013 teve sua primeira edição esgotada. Premiado Destaque Literatura no Troféu Cultura RN 2013, teve apreciação na University of Cambridge. Também foi lançado em E-book por quatro editoras em oito idiomas. A versão teatral da Cia será lançada no livro O Teatro Mágico II pela Lei Câmara Cascudo.

SERVIÇO

Espetáculo “Borderline”

Data: 13 de março (sexta-feira)

Horário: 21h

Local: Teatro Ariano Suassuna (anexo Colégio Marista Pio X)

Classificação: 16 anos

Duração: aprox. 60 minutos

Vendas antecipadas: Minds English School (Av. Rui Carneiro) ou Loja de Sapatos Apogeé (Manaíra)

Ingressos: R$ 30,00 (inteira) |e R$ 15,00 (meia entrada).

Maiores informações pelo telefone (83) 8140-5188.

Contato:

DA Produções Artísticas - daproducoesartisticas@gmail.com

Produção Nacional José Neto Barbosa -(84) 94669714/nproducoes.rn@live.com

Fotos/crédito: Diego Marcel.


Nenhum comentário:

Postar um comentário