sábado, 5 de novembro de 2016

BRASIL AMPLIA PARTICIPAÇÃO NO CENÁRIO DA CONTABILIDADE MUNDIAL

A Federação Internacional dos Contadores, IFAC, entidade com 175 membros e associados de 130 países, representante de cerca de três milhões de profissionais da contabilidade e auditoria, realizará seu principal evento institucional, a Assembleia Anual, em Brasília, de 15 a 18 de novembro.

Participarão do encontro aproximadamente 180 entidades internacionais representantes da categoria, entre elas relevantes entidades brasileiras, como o Conselho Federal de Contabilidade (CFC) e o Ibracon (Instituto dos Auditores Independentes do Brasil).

“Receber a Assembleia Anual da IFAC demonstra a importância do Brasil no cenário da contabilidade e auditoria internacional. Somos a oitava economia do mundo, devemos buscar alinhamento e convergência junto às normas internacionais de contabilidade”, afirma Idésio Coelho, presidente do Ibracon.

O evento contará também com palestra do ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Gilmar Mendes, quem abordará a conjuntura política e econômica do Brasil e a evolução no processo eleitoral no País com a recente mudança da legislação.

NORMAS INTERNACIONAIS DE CONTABILIDADE APLICADAS AO SETOR PÚBLICO

“As Normas Internacionais de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público estabelecerão solidez e transparência à contabilidade pública, conferindo visibilidade sobre o patrimônio público, que, a rigor, pertence à população”, comenta Coelho.

Hoje, União, Estados e Municípios não têm registrado todos os seus ativos e passivos. Rodovias, parques, terrenos, bens de infraestrutura e dívidas podem não estar registrados no balanço patrimonial. As novas normas farão da contabilidade uma ferramenta de apoio ao cumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal e evidenciação de accountability das autoridades governamentais.

Dada à importância do tema, o Brasil dispõe de um representante e um assessor técnico no board da IFAC para Normas Internacionais de Contabilidade Aplicadas ao Setor Público, Leonardo Silveira do Nascimento e Ayres Moura, respectivamente.

OBRIGATORIEDADE DE REPORTE DO NÃO-CUMPRIMENTO ÀS LEIS E REGULAÇÕES

A Obrigatoriedade de Reporte do Não-cumprimento às Leis e Regulações (NOCLAR – Responding to Non-Compliance with Laws and Regulations) tem por objetivo dar maior peso à responsabilidade do profissional de contabilidade e auditoria perante a sociedade.

Essa nova norma de ética, proposta pelo Conselho de Normas Éticas Internacionais para os Profissionais da Contabilidade (IESBA, International Ethics Standards Board for Accountants), sugere que os profissionais passem a reportar descumprimentos de leis e regulamentos para órgãos competentes, incluindo o Conselho de Controle de Atividades Financeiras (COAF), quando se tratar de suspeitas vinculadas a lavagem de dinheiro.

“Vemos ganhos importantes para a sociedade com a implantação da nova norma de ética no Brasil, prevista para julho de 2017. Contadores e auditores têm muito a contribuir para que tenhamos um país mais transparente”, comenta Rogério Garcia, diretor técnico do Ibracon.

O chairman do IESBA, Dr. Stavros Thomadakis, estará no evento e falará desse tema sob uma perspectiva global.

REUNIÃO DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DO IBRACON

O Ibracon, uma das entidades fundadora da IFAC e que celebra 45 anos neste ano, aproveitará a Assembleia para realizar sua reunião de Conselho de Administração durante o evento, com a presença do CFC, IESBA, Fenacon e os presidentes das principais firmas de auditoria do Brasil.

PORTA-VOZES E AUTORIDADES PRESENTES NA PROGRAMAÇÃO

• Olivia Kirtley, presidente da IFAC

• Dr. Stavros Thomadakis, presidente do IESBA

• Arnold Schilder, presidente do International Auditing and Assurance Standards Board (IAASB)

• Chris Austin, presidente do International Accounting Education Standards Board (IAESB)

• Idésio Coelho, presidente do Ibracon

• Monica Foerster, diretora de Firmas de Auditoria de Pequeno e Médio Portes do Ibracon e presidente do Comitê de Firmas de Auditoria de Pequeno e Médio Portes da IFAC

• Leonardo Silveira do Nascimento, coordenador-geral de Normas de Contabilidade da Secretaria do Tesouro Nacional e membro representante do Brasil no board da IFAC para IPSAS

• José Martonio Alves Coelho, presidente do Conselho Federal de Contabilidade

• Gilmar Mendes, ministro do Tribunal Superior Eleitoral

SERVIÇO
 
Ibracon - Instituto dos Auditores Independentes do Brasil

Facebook | LinkedIn | Twitter

 
Fonte: Ágata Marcelo – Viveiros

Nenhum comentário:

Postar um comentário