domingo, 22 de janeiro de 2017

‘RAINHA DA COCADA’ MIGRA PARA ADOBE PREMIERE E ECONOMIZA 1 DIA NA EDIÇÃO DE CADA CAPÍTULO DA NOVA TEMPORADA

Quem já assistiu o programa “Rainha da Cocada”, veiculado pelo canal GNT, ou o “Dulce Delight”, no YouTube, fica admirado com as cores vivas e receitas deliciosas que Raiza Costa apresenta diretamente de seu apartamento em Nova Iorque. O que pouca gente sabe é que editar vídeos em altíssima qualidade demanda muita tecnologia e que, qualquer problema durante o processo, pode acarretar em dias de atraso na entrega de um episódio (sendo que, cada temporada, tem entre 20 e 30).
 
E foi justamente por uma experiência ruim e “engessada” com um conhecido software de mercado que Bruno Henrique BHS, editor-chefe do Rainha da Cocada, decidiu migrar – no início de 2016 – para o Adobe Premiere, usado nada menos que por diversos estúdios de Hollywood (a edição de Deadpool foi inteira feita em Premiere). Em pouco tempo, o Bruno BHS entendeu que tinha feito a escolha certa. “Na primeira temporada, usei um software que me trouxe diversos problemas, especialmente quando exportava o arquivo para colorização. Chegava a perder um dia inteiro nesse processo”, afirma.
 
O editor-chefe do programa enfrentava ainda muitas divergências entre a tecnologia usada na captação e, depois, na edição. Para se ter uma ideia, para produzir o Rainha da Cocada, são usados vídeos captados a partir de diversas câmeras, como GoPro e Canon C300. Com Adobe Premiere, a integração é efetiva, uma vez que não é necessária nenhuma conversão e nenhuma renderização durante o processo de edição.
 
“Ganhei tempo com o Adobe Premiere, pois ele permite um fluxo de renderizar o vídeo pelo Adobe Media Encoder e continuar trabalhando com edições no Premiere Pro. Se pensarmos que demorava cerca de 2 horas para exportar cada projeto antes de começar o novo, há um ganho de agilidade e produtividade impressionante”, afirma Bruno BHS. Com outra plataforma de edição sem o recurso do Media Encoder, é preciso exportar o arquivo e esperar até acabar o processo para poder voltar a trabalhar com edição.
 
“Além disso, passei a me sentir mais seguro. No ano passado, fiz toda a edição em Nova Iorque e, nessa temporada, estou fazendo remotamente – preciso de toda qualidade de tráfego de arquivo possível. Ainda, com o software anterior, vivíamos com medo de perder os projetos em andamento, além de não ter clareza de quanto tempo levaríamos para editar o programa”, finaliza.
 
Uma outra vantagem que o Bruno Henrique BHS identificou no uso do Adobe Premiere foi a possibilidade de customizar teclas de atalho que facilitam seu dia a dia na ilha de edição. Exemplos criados por ele:
 
Select multiple cuts

Command + Seleção Seleciona vários cortes ao mesmo tempo.
 
Com isso você consegue aplicar transições de áudio simultâneas, ou cancelar o corte apertando "delete" depois da seleção.

Automação de volume

Tudo isso pode ser feito durante o playback

o G | audio gain

o control } | aumenta o volume do clip em 6 db

o control { | diminui o volume do clip em 6 db

o control + | aumenta o volume do clip em 1db

o control - | diminui o volume do clip em 1 db

Rate Stretch tool

control shift S | Muda a velocidade do clip
 
• Nudge Clip Selection

Mover o clip selecionado para todos os lados

o option up | para cima

o option down | para baixo

o . | um frame para a direita

o , | um frame para a esquerda

o shift . | cinco frames para a esquerda

o shift , | cinco frames para a direita

o 9 insert

o 0 overwrite

Antes da parceria com Bruno Henrique BHS, no começo do projeto, a própria Raiza Costa gravava e editava os vídeos. Hoje, a apresentadora monitora a montagem junto com a co-diretora do programa, Livia Perini. O time de pós-produção ainda é formado por Danilo Lima (editor), Bernardo Bichucher (assistente de edição), Livia Cheibub (coordenadora de pós-produção) e Antonio Lopes (coordenador de ilha de edição).
 
A segunda temporada do Rainha da Cocada tem episódios diários e inéditos, exibidos às 20h00, no canal GNT. A terceira temporada já está confirmada, com estreia prevista para o segundo semestre de 2017.
 
SOBRE
 
ADOBE SYSTEMS INCORPORATED
 
A Adobe está mudando o mundo por meio de experiências digitais. Para mais informações, visite www.adobe.com/br/
 
ADOBE CREATIVE CLOUD
 
A Adobe Creative Cloud é uma plataforma de criação conectada que inclui todos os aplicativos e serviços que profissionais criativos precisam para realizarem seus trabalhos. A Creative Cloud é otimizada pela CreativeSync, a assinatura de tecnologia da Adobe que conecta todos os aplicativos e serviços em diferentes dispositivos, permitindo uma experiência criativa contínua e sem interrupções.
 
A plataforma inclui: o Adobe Photoshop CC, o Adobe Illustrator CC, o Adobe InDesign CC, o Adobe Premiere Pro CC e outros aplicativos criativos para desktop líderes de mercado da Adobe; aplicativos móveis associados que permitem o fluxo de trabalho entre dispositivos móveis e desktop e mesmo entre diferentes gadgets mobile; um mercado integrado de mais de 55 milhões de ativos no Adobe Stock, livres de royalties; e integração com a maior comunidade criativa do mundo via Adobe Portfolio e Behance.
 
Fonte: Rafael Bueno - RMA Comunicação
 
Foto/imagem: Reprodução/divulgação.


Nenhum comentário:

Postar um comentário