terça-feira, 1 de agosto de 2017

CAMPANHA DA LATAM AIRLINES CHEGA A FESTIVAL EM HOLLYWOOD

O curta-metragem “Reencontro”, produzido pela produtora paulistana La Casa de la Madre para a LATAM Airlines Brasil, foi selecionado para ser exibido e competir no 21º LA Shorts International Film Festival, que acontecerá entre 2 e 10 de agosto, em Hollywood, Los Angeles. O festival é credenciado pela Academia de Artes e Ciências Cinematográficas e os vencedores são elegíveis para a nomeação ao Oscar, além de serem qualificados oficialmente para os prêmios de curta-metragem do BAFTA (British Academy Film Awards).

Com roteiro de André Castilho e direção de Jorge Brivilati, especialistas em storytelling, o filme já foi premiado em 2016 com ouro no Ciclope Festival. Segundo Castilho, não é todo dia que se vê conteúdos de branded content extrapolarem suas categorias costumeiras de festivais de publicidade para permearem festivais de cinema, ainda mais no patamar do LA Shorts, um dos mais importantes do mundo, dedicados exclusivamente à sétima arte.

“Quando peças originalmente criadas para a comunicação de marcas ganham espaço em festivais de cinema, principalmente em uma categoria não segmentada, é a prova de que o storytelling bem feito reverbera mais. Este é um bom sinal, porém ainda escasso em nosso mercado, que muitas vezes se contenta com a velha fórmula da propaganda apenas disfarçada de entretenimento”, destaca o roteirista.

A campanha, lançada durante os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro em 2016, marcou a mudança da companhia área TAM para LATAM. “Essa campanha foi um marco na história da LATAM, pois com ela apresentamos nosso patrocínio aos Jogos Rio 2016 e também nos despedimos da marca TAM, que se transformou em LATAM. Ficamos imensamente satisfeitos em ver que nossa aposta em um formato até então inédito em filmes de companhias aéreas brasileiras deu tão certo que marcou a lembrança de nossos clientes, além de resultar em reconhecimento também da academia de cinema”, afirma Daniel Aguado, gerente sênior de Comunicação e Marca da LATAM Airlines Brasil.

“Esse trabalho foi todo pensado para ser uma produção de cinema, apesar de estarmos atendendo os valores de uma marca. Isso mostra a maturidade da empresa em não querer se sobressair à história do filme e em dar liberdade autoral para que pudéssemos trabalhar”, finaliza Castilho.

Com 15 minutos de duração, o curta-metragem mostra o reencontro de Pedro com os avós depois de muito tempo longe. Juntos, neto e avô viajam para assistir aos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro e o jovem descobre que o avô foi um grande atleta de remo. Confira o curta: goo.gl/RBfqiL

SOBRE LA CASA DE LA MADRE

A La Casa de la Madre, produtora especializada em storytelling, criada em 2012, transformou o conceito de comerciais utilizando-se da linguagem do cinema ao contar boas histórias para marcas em diferentes plataformas. A boutique de filmes trabalha com foco em sua filosofia fundamentada em quatro pilares: tratamento, cuidado com cada frame, qualidade e criação primorosa. A produtora responsável por filmes para grandes nomes do mercado, como Samsung, Ford e Danone ganhou, em 2017, leão de prata no festival de Cannes com o filme “Movido a Respeito”, para a Rede Globo. Além desse, também já foram conquistados Lions Health, Cannes Lions, Clio Awards, FIAP, entre outros, com o hit Meeting Murilo, para a Huggies.

Desde setembro de 2016 a produtora conta também com um selo próprio, específico para a produção de documentários, o La Madre Docs. O projeto apoia e dá suporte a cineastas e documentaristas autorais a fim de desenvolvê-los conjuntamente. “Huni Kuin - Os Últimos Guardiões”, filme que aborda a relação de uma tribo indígena com a floresta foi o primeiro curta do selo, premiado como melhor documentário na categoria “Award of Excellence”, no festival norte-americano Impact Docs Awards. Saiba mais: http://www.lacasadelamadre.com.br/pt

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário