quinta-feira, 31 de agosto de 2017

REI DO MATE LANÇA LINHA ESPECIAL DE CHOCOLATES BELGA

De olho nas principais tendências quando o assunto é chás e café, o Rei do Mate inova mais uma vez e agora terá no cardápio diversas opções de chocolate belga, considerado um dos chocolates mais irresistíveis e tradicionais do mundo. Serão três opções de sabores: Banoffee, Chocolate Quente Belga e Cappuccino Belga. O Banoffee é feito com banana, doce de leite e chocolate belga. Já o Chocolate Quente Belga é feito com pedaços de chocolate mergulhados em um delicioso chocolate quente. O Cappuccino Belga ganha pedaços de chocolate na sua composição. Todas as bebidas são feitas com um dos melhores e mais valorizados chocolates do mundo, a Callebaut.

Para deixar a bebida ainda mais irresistível, é possível adicionar uma borda com granulado belga em uma das três opções. O preço sugerido é de R$13,50 cada. A marca também oferece diversas opções de acompanhamentos, ideias para apreciar com as bebidas, como os recém-lançados pão de queijo multigrãos, Pão de Batata na Chapa com manteiga entre outras opções. Para saber qual é o Rei do Mate mais próximo basta acessar o site: http://www.reidomate.com.br/

Sobre o Rei do Mate

O Rei do Mate foi fundado em 1978, pelo empresário Kalil Nasraui, próximo a famosa esquina paulista das avenidas Ipiranga e São João. Esta primeira loja tinha cerca de 20 metros quadrados e conquistou os consumidores com sua receita de chá própria, consumida pura ou com leite, limão, caju e maracujá. Foi sucesso na década de 1980, tornando-se ponto tradicional do Centro paulistano.

Por mais de uma década o Rei do Mate manteve lojas próprias, sete no total, todas em São Paulo, que ajudaram a mudar o hábito de consumo de chá dos paulistanos. A entrada da segunda geração da família na empresa, em 1991, estruturou o negócio para que ele fosse multiplicado como franquia. Foram desenvolvidos novos produtos, novas combinações da bebida – que hoje chega a 100 – e café e pão de queijo foram incorporados ao cardápio.

Foto: Reprodução/divulgação.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário