sábado, 31 de março de 2018

PÁSCOA RESGATA TRADIÇÕES FAMILIARES E MOVIMENTA A ECONOMIA NACIONAL



A Páscoa, que será comemorada neste domingo, dia 1º de abril, é celebrada em diversas partes do mundo, com distintas tradições culturais. A data é conhecida por ser um momento de celebração para as famílias e, principalmente, por resgatar as memórias de infância, entre elas a tradição de trocar ovos de chocolate. 

A “brincadeira”, além de ser uma forma de carinho, ajuda a movimentar e a aquecer a economia no período. Reconhecida como a principal data sazonal para o setor de chocolates no Brasil, a Páscoa, este ano, gerou mais de 23 mil empregos temporários, tanto para a indústria como para os pontos de venda, garantindo uma oportunidade significativa de renda aos brasileiros.    

“O volume de empregos temporários desse ano é considerado positivo pelo setor. As empresas ainda se mostram prudentes nas contratações, mas confiantes nos sinais positivos de alguns indicadores da economia”, afirma Ubiracy Fonseca, presidente da Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados - ABICAB.

Em 2017, foram produzidas mais de 9 mil toneladas de produtos de chocolate, o equivalente a 36 milhões de ovos de Páscoa. Ainda segundo Ubiracy Fonseca, apesar do volume ser menor do que o observado em 2016, o setor está otimista que os números deste ano comprovarão o amadurecimento da indústria e sua capacidade de organização em uma economia mais estável.

“A indústria preparou mais de 120 lançamentos de produtos de Páscoa para a data, temos ovos para cada perfil de consumidor, para que todos possam presentear com variedade de escolha”, completa o executivo.

Sobre a ABICAB

A Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Cacau, Amendoim, Balas e Derivados (ABICAB), fundada em 1957, representa os maiores fabricantes do país junto às esferas pública e privada, no Brasil e no exterior. A indústria nacional representa em valor de venda R$ 25 bilhões, gerando mais de 42 mil empregos diretos e é considerada uma das maiores do mundo neste setor, sendo amplamente reconhecida pela qualidade e segurança de seus produtos. A ABICAB existe para desenvolver, proteger e promover as indústrias associadas, com o objetivo de estimular o consumo responsável. Atualmente, a entidade engloba a cadeia produtiva brasileira, representando 92% do mercado de chocolates, 93% do mercado de balas e confeitos, 62% do mercado de amendoim.

Fonte: Assessoria de Imprensa


Nenhum comentário:

Postar um comentário