quarta-feira, 29 de maio de 2019

COMIDA DI BUTECO 2019: BAR DO JÃO É ELEITO O MELHOR BUTECO DE SÃO PAULO PELA TERCEIRA VEZ


Após um mês de concurso envolvendo 68 participantes espalhados por todas as regiões da cidade, o BUTECO CAMPEÃO DE SÃO PAULO foi revelado! O Bar do João, na zona leste, se consagrou como o melhor buteco de 2019 com o petisco Receita do Céu, homenagem à eterna tia Cida. A premiação foi realizada, dia 27, no Hotel Grand Mercure, na Vila Olímpia em São Paulo. O campeão foi escolhido através dos votos do público e de um júri especializado, durante os 30 dias de concurso (12 de abril a 12 de maio). Cada estabelecimento foi visitado por um corpo de três jurados que avaliaram os critérios: petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida.

Agora, tricampeão, o Bar do Jão, da Penha/ZL, apresentou uma deliciosa receita de pernil marinado na cerveja, feito com purê de mandioca, requeijão e parmesão, servido com pão pitta, creme de pimenta e farofa de castanha-do-pará. “Você faz o bem e colhe o bem! É o resultado da nossa amizade, união e dedicação! Ser campeão é um detalhe, é vontade de fazer o melhor e o resultado vem!” contou o emocionado Alexandre, proprietário do Bar do Jão.

2º colocado foi o Manzana Bar, da Casa Verde/ZN, que conquistou jurados e público com o petisco Eita, Trem bom. O bolinho de carne-seca com abóbora cabotiã, pernil desfiado com vinagrete, farofa de banana da terra e couve crispy foi apresentado no segundo ano de participação do Manzana. “É uma emoção muito grande chegar a esse vice campeonato, esse prêmio é da minha mãe que hoje não está mais aqui, mas acreditou que eu estaria no pódio, mesmo com essa perda eu não desanimei!”, contou o emocionado Carlos Eduardo que comanda o bar.

Na 3º posição, o Chopp do Alemão, mais um representante da Vila Matilde/ZLtrouxe um petisco batizado como Sobrinha, feito com carnes selecionadas, temperadas e cozidas com especiarias, montado sobre uma polenta cremosa, acompanhada de bolinhos e molhos de carne e maionese. “Estou emocionado como todos os anos, é a sexta vez que eu subo no pódio do Comida di Buteco. Está na alma e no coração, então eu luto ao máximo para chegar à perfeição e conseguir me colocar entre os primeiros, é uma luta!” desabafou o proprietário José Roberto, “Nesse ano o concurso fez uma transformação comigo, foi um estouro, fiquei desesperado com o movimento. Chegou um dia que estava com mais de 20 mesas na espera, comecei a chorar, foi quando minha esposa me puxou e disse pra continuarmos lutando, então voltei para meu balcão e para meus clientes, e fiz o que sempre faço, me dediquei ao máximo para o  trabalho e o concurso”.

Complementando o pódio da noite chegou em  lugar Boteco da Vila, localizado também na Vila Matilde/ZL, com o petisco Tem mineiro em Berlim, e em  lugar Buteco do Murruga apresentou o Punhetinha de bacalhau à moda Murruga.

O concurso Comida di Buteco, tem a missão de resgatar e valorizar a cozinha de raiz através da visibilidade aos butecos tradicionais. É o pioneiro e o único em todo o mundo a reconhecer um ícone da cultura local em abrangência nacional. Neste ano, o concurso comemorou seus 20 anos de existência celebrando cada vez mais a culinária de raiz e as histórias de superação e empreendedorismo dos participantes.

Próxima etapa… Campeão Nacional

Os butecos que concorrem na etapa nacional serão os 21 campeões das etapas regionais. A avaliação é feita pela comissão de jurados, escolhida especificamente para esta fase, onde irão visitar os campeões de cada cidade avaliando sua performance nas mesmas 4 categorias (petisco, atendimento, temperatura da bebida e higiene). As visitas dos jurados do concurso nacional acontecem de 07/6 a 23/6, com a premiação em 15/7 no Museu Casa Brasileira na cidade de São Paulo, revelando O MELHOR BUTECO DO BRASIL.

SOBRE O COMIDA DI BUTECO

 Transformar vidas através da cozinha de raiz – Buteco extensão de sua casa

O concurso Comida di Buteco foi criado em 2000, com a finalidade de resgatar e valorizar a cozinha de raiz através da visibilidade aos butecos espontâneos/tradicionais. Já pode ser considerado, não apenas um concurso, mas um MOVIMENTO que envolve pessoas de todas as classes sociais e idades de norte a sul do Brasil. Em 2018 o concurso engajou mais de 5 milhões de pessoas visitando os butecos participantes, provocando um forte impacto em toda a cadeia produtiva do setor:

·  630 mil votos
·  6 mil empregos gerados
·  Movimentou R$ 150 MM, incluindo: faturamento e compra de insumos dos butecos participantes e mídia espontânea registrada.
 Resultados dos 20 anos

§ 21 cidades de Norte a Sul do País
§ 5.163  mil butecos
§ 4.868 milhões de votos
§ 3.534 milhões de petiscos vendidos
§ 41.796 mil empregos gerados
§ 80 milhões de pessoas impactadas
§ 500.892 milhões em mídia espontânea
Fonte: Assessoria de Imprensa

Nenhum comentário:

Postar um comentário