quinta-feira, 13 de maio de 2021

EXPOSIÇÃO DO MAB FAAP GANHA NOVAS OBRAS INDICADAS PELA VOTAÇÃO DO PÚBLICO

A partir de 19 de maio, os visitantes da mostra Da Humanidade: 100 artistas do acervo, em cartaz no MAB FAAP, poderão apreciar novas obras. Escolhidas a partir de votação do público, as obras passam a integrar as mais de 100 produções em exposição, entre pinturas, gravuras e esculturas.

O objetivo de acolher a opinião do público foi proporcionar a possibilidade dos visitantes atuarem como curadores, trazendo um novo olhar sobre os temas abordados. Para isso, o Educativo do museu promoveu uma votação pelo Instagram, a partir de obras pré-selecionadas. As 11 mais votadas passaram a fazer parte da exposição.

Queríamos propor a reflexão a respeito da relevância de expor coleções e torná-las acessíveis ao público”, explica Laura Suzana Rodríguez, curadora da mostra e coordenadora de Curadoria e Acervo do MAB FAAP.

As 11 obras escolhidas são dos artistas Nelson Quaresma, Marina Caram, Maria Bonomi, Luiz Sôlha, Carlos Prado, Renina Katz, Antonio Cassiano Meireles, Cícero Dias, Zoravia Bettiol, Zica Bergami e Thomaz Farkas, que se juntam a nomes como Ernest de Fiori, Hannah Brandt, Gustavo Rosa, Rodolpho Parigi, OsGemeos, Gilberto Vançan, entre outros.

Dividida em 10 núcleos – identidade, infância, arte, habitat, urbe, labor, ócio, sagrado, cultura e agruras –, a exposição reúne obras do acervo do MAB FAAP que questionam a existência do ser humano e da vida em comunidade. A curadoria teve como ponto de partida as ideias expressas por Hannah Arendt no livro “A Condição Humana”, de 1958, no qual a autora faz uma análise sobre o que é específico e genérico do ser humano.

As visitas ao MAB FAAP continuam restritas devido ao Plano São Paulo. Os agendamentos devem ser feitos por meio do link: https://visitante.agendamento.faap.br/.

Conversa com artista

Dentro do programa de encontros com artistas, curadores e pesquisadores, agora no formato virtual, o MAB FAAP realiza no dia 31 de maio um bate-papo com o artista mexicano Miguel Pérez Ramos – o Santo Miguelito, cuja obra “Autorretrato”, de 2016, pode ser vista na exposição “Da Humanidade: 100 artistas no acervo”.

Santo Miguelito é um avatar que permite ao artista construir espaços de expressão enriquecidos pelas formas culturais da sua cidade de origem (Puebla, México). O artista participou da Residência Artística FAAP, em 2017.

O bate-papo poderá ser conferido no Youtube da FAAP, a partir das 17h do dia 31/5.

 Sobre o MAB FAAP

Desde que abriu suas portas pela primeira vez em 10 de agosto de 1961, com a mostra “Barroco no Brasil”, o Museu de Arte Brasileira da Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP) se comprometeu a incentivar e divulgar a arte brasileira. Além de seu acervo próprio que conta com cerca de 3 mil obras de arte a partir do final do século 19, no decorrer dos últimos  anos, abrigou exposições marcantes para a história da cultura do País, como a exposição “Toyota – O Ritmo do Espaço” premiada pela APCA em 2018. Em 2015, foi criada a Coleção MAB-Moda que reúne vestimentas, bonecas e acessórios de estilistas contemporâneos brasileiros, fortalecendo o vínculo entre o museu e a moda, que desde 1989 esteve presente por meio de desfiles e exposições vinculadas ao tema. Cabe destacar que além da pesquisa e organização de exposições de temas pertinentes às artes visuais brasileiras, o MAB incorporou a apresentação de mostras de arte internacional com temáticas de interesse geral que trazem experiências significativas ao público e ampliam a compreensão do fazer artístico e cultural.

Serviço:

“Da Humanidade : 100 artistas do acervo”
Período de visitação: Até 18 de julho de 2021 (novas obras a partir de 19/5)
Local: MAB FAAP
Endereço: R. Alagoas, 903 - Higienópolis, São Paulo
Horários: das 11h às 17h, todos os dias da semana, exceto às terças-feiras.
Informações: (11) 3662-7198
Agendamento de visitas: https://visitante.agendamento.faap.br
Entrada: Gratuita
Fonte/Imagem-reprodução-divulgação: Assessoria de Imprensa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário