segunda-feira, 19 de março de 2018

AS FACES DA GUERRA PELOS OLHOS DE UMA CRIANÇA - LIVRO "O MENINO QUE FALAVA COM CÃES" É BASEADO NA HISTÓRIA REAL DE JULIAN GRUDA, JUDEU E FILHO DE COMUNISTAS NO CONTEXTO DA SEGUNDA GUERRA MUNDIAL


Julian Gruda ou Jules Kryda ou ainda Roger Binet. Todas essas já foram identidades de um menino de apenas 14 anos durante o período da Segunda Guerra Mundial. Julian é filho de pais poloneses e comunistas, sua história é real, contada de forma romanceada por aquela que, anos depois, se tornaria sua filha. O coração militante é de família e se reflete até mesmo no nome, inspirado no revolucionário polonês Julian Marchlewski. Desde cedo o menino levava jornais para soldados russos nas trincheiras e, mais tarde, ajudou como mensageiro da Resistência.

O nascimento de Jules foi decidido em uma votação na sede do Partido Comunista, em Varsóvia. Sua mãe, uma figura importante do partido, acreditava que o aborto seria a melhor solução, mas o pai estava disposto a ter o bebê. Entre aqueles que não viam com bons olhos uma militante grávida e os que acreditavam que uma nova geração de revolucionários sempre seria bem-vinda, Julian nasceu. O Partido autorizou que os pais cuidassem do menino enquanto permanecessem na União Soviética. Quando a mudança de país se tornou inevitável, Julian foi morar com a tia, que por muito tempo achou que fosse sua mãe de verdade.

A infância do menino começa em Varsóvia no início da guerra e termina na Paris liberta. Neste meio tempo, Jules vai para um orfanato, volta a morar com a mãe e até chega a se esconder em uma distante aldeia francesa. Ele vivencia a ascensão de Stalin, sente na pele a perseguição aos judeus e comunistas, vê a França ser tomada pelas tropas alemãs (e até conhece alguns soldados). O menino tinha uma incrível habilidade de se comunicar com os animais, que sempre gostaram dele. No período da guerra, em que faltava quase tudo, Julian permanece firme.

Sobre

Joanna Gruda nasceu na Polônia e chegou a Trois-Rivières, Canadá, de barco aos 2 anos. Depois de estudar teatro e trabalhar durante alguns anos como atriz, tornou-se tradutora e redatora. O menino que falava a língua dos cães é seu primeiro romance.

Serviço

menino que falava a língua dos cães

Joanna Gruda

L'enfant qui savait parler la langue des chiens

Tradutor: Clóvis Marques

Páginas: 272

Editora: Bertrand Brasil | Grupo Editorial Record      
  
Fonte: Assessoria de Imprensa   

Nenhum comentário:

Postar um comentário