segunda-feira, 18 de abril de 2022

MUSEU DA CASA BRASILEIRA E ARQXP PROMOVEM RODA DE CONVERSA SOBRE A IMPORTÂNCIA TECNOLÓGICA, CIENTÍFICA, CULTURAL E ECONÔMICA DO VIDRO

 

No dia 26 de abril, o Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, administrado pela Fundação Padre Anchieta (FPA), e a ArqXP se reúnem virtualmente para discutir a importância tecnológica, científica, cultural e econômica do vidro, o material mais puro e único 100% reciclável que existe.
 

A programação acontecerá pelo Youtube do MCB, a partir das 17h, e contará com a participação deBetânia Isquierdo Danelon (gestora da equipe de gerentes técnicos da Guardian Glass para América do Sul), Lucien Belmonte (presidente executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Vidro) emediação de Gustavo Curcio (ArqXP).

Os participantes falarão sobre a evolução tecnológica do vidro, sustentabilidade e empregabilidade em projetos, desde a escala do objeto até a escala da cidade.

Sobre

Betânia Isquierdo Danelon

Gestora da equipe de gerentes técnicos da Guardian Glass para América do Sul. Atuante há 20 anos no mercado da construção civil, sendo 10 deles dedicados à Guardian. Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Unisinos, cursando MBA em Construções Sustentáveis- INBEC.

Lucien Belmonte

Presidente Executivo da Associação Brasileira das Indústrias de Vidro (ABIVIDRO) e diretor dos departamentos de Infra Estrutura/Energia e Desenvolvimento Sustentável da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp). Administrador de Empresas. Conselheiro de diversas instituições como Internacional Commission on Glass, Fórum Das Entidades de Gás Natural, e Fundação ABH.

Gustavo Curcio (Mediador)


Gustavo é professor e pesquisador do Departamento de Projeto da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo. Possui pós-doutorado em Design e Arquitetura pela FAUUSP e experiência de 15 anos na área editorial, programação visual, direção de arte, direção de fotografia e direção de redação/publicidade. Faz parte do conselho editorial das revistas Arquitetura e Urbanismo e Téchne. Integra o conselho científico do ArqXP | Experiências Inovadoras em Construção.

MCB


O Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, administrado pela Fundação Padre Anchieta, dedica-se, há 52 anos, à preservação e difusão da cultura material da casa brasileira, sendo o único museu do país especializado em arquitetura e design. A programação do MCB contempla exposições temporárias e de longa duração, com uma agenda que possui também atividades do serviço educativo, debates, palestras e publicações contextualizando a vocação do museu para a formação de um pensamento crítico em temas como arquitetura, urbanismo, habitação, economia criativa, mobilidade urbana e sustentabilidade. Dentre suas inúmeras iniciativas destacam-se o Prêmio Design MCB, principal premiação do segmento no país realizada desde 1986; e o projeto Casas do Brasil, de resgate e preservação da memória sobre a rica diversidade do morar no país.

ArqXP 


O ArqXP nasceu em 2019 com o objetivo de aproximar estudantes de Design e Arquitetura das iniciativas inovadoras do mercado brasileiro e internacional. A plataforma digital ArqXP e a revista ArqXP, ambas de acesso gratuito e irrestrito, tem cumprido a missão de difundir projetos e ideias muito além dos muros da universidade. Desde janeiro de 2020, o projeto integra as atividades de Cultura e Extensão da FAUUSP, onde Gustavo Curcio atua como professor e pesquisador.


SERVIÇO:


Roda de conversa virtual l MCB+ArqXP: Vidro, material universal: arquitetura, design e tecnologia


26 de abril, 3ª feira, das 17h às 18h


Transmissão ao vivo pelo Youtube do MCB


Gratuito


Fonte/Foto-Reprodução-divulgação: Assessoria de Imprensa 


Nenhum comentário:

Postar um comentário